SEMANA 6 EM 7

7 DIAS DE CONTEÚDO EXCLUSIVO

DE 28 DE OUTUBRO A 03 DE NOVEMBRO

FÓRMULA DE LANÇAMENTO
No vídeo abaixo eu explico tudo o que você precisa saber sobre a Fórmula de Lançamento

ImagemASSISTA AO VIDEO E SAIBA MAIS
A Fórmula é um treinamento 100% online. Ele é milimetricamente pensado para quem tem um simples objetivo: fazer um 6 em 7. 

Fazer um 6 em 7 é uma gíria do marketing digital que significa faturar mais de 6 dígitos (R$ 100 mil) em 7 dias consecutivos. Vulgo, uma semana.

QUEM É ERICO ROCHA?

  • Erico Rocha é apaixonado por marketing digital e empreendedorismo. Sua especialidade é em lançamentos de infoprodutos na internet, pois ele acredita que esse é o modelo de negócio mais rentável do mundo. Seu maior objetivo é ajudar empreendedores a atingirem faturamentos de 6, 7 ou até 8 dígitos em 7 dias consecutivos.

CONTEÚDOS

São vários os canais onde eu compartilho o meu conhecimento de forma gratuita para que você possa alavancar suas vendas ou criar um negócio digital do absoluto zero:

CASES DO FÓRMULA DE LANÇAMENTO

 F.A.Q - PERGUNTAS FREQUENTES

O que é a Fórmula de Lançamento? Como eu posso me inscrever?

O Fórmula é um treinamento 100% online, que você pode fazer de qualquer lugar que tenha uma conexão com internet.

Ele é milimetricamente pensado para quem tem um simples objetivo: fazer um 6 em 7.

Eu já falei, mas não custa nada repetir. Até porque parece difícil de acreditar de primeira.

Fazer um 6 em 7 é uma gíria do marketing digital que significa faturar mais de 6 dígitos (R$ 100 mil) em 7 dias consecutivos. Vulgo, uma semana.

Parece muito bom para ser verdade?

Se você pensou isso, eu não tiro a sua razão.

A primeira vez que eu falo isso para alguém, eu vejo o jeito que a pessoa me olha.

Parece que eu sou maluco.

Ou que eu sou um charlatão, um picareta que tenta ganhar a pessoa na lábia.

Porque é uma promessa que parece ser MUITO BOA para ser verdade.

E eu dou toda razão para os ateus do 6 em 7.

Se eu não tivesse feito um 6 em 7, eu também duvidaria.

Se eu não tivesse ajudado centenas de empreendedores pelo Brasil inteiro a chegar no 6 em 7, eu também não acreditaria.

Cada uma das pessoas que estão nesse palco da foto abaixo foram formalmente reconhecidas por faturar R$ 100 mil em 7 dias ou 30 dias consecutivos.



Mas antes de eu continuar isso, eu preciso deixar uma coisa muito claro.

Por favor, entenda que os resultados que eu falo aqui nessa carta não são típicos.

Por que?

Eu acredito que uma pessoa comum que compre qualquer tipo de curso ou um programa de treinamento tende a ter pouco ou quase nada de resultados.

Isso não acontece só com cursos ou programas de treinamentos.

Deixa eu te dar um exemplo.

A maioria das pessoas que se matriculam em uma academia (cara ou barata), tendem a ter pouco resultado. Pois resultado implica muito mais do que ter uma técnica ou metodologia que funcione.

Implica em trabalho duro, histórico pessoal, experiência, foco, ética profissional, integridade, persistência (muita persistência).

Resumindo, os resultados que eu mencionei e ainda vou mencionar neste texto são típicos?

Absolutamente não.

São possíveis?

Absolutamente sim.

A foto que você viu é uma pequena amostra de alguns exemplos de pessoas que com muito suor, técnica, foco e persistência atingiram esse resultado.

Agora, eu gostaria de deixar claro que todo negócio envolve riscos, bem como um massivo e consistente esforço e ação. Se você não está disposto a aceitar isso, por favor, não faça a sua inscrição na Masterclass, na MasterClass Day ou mesmo na Fórmula de Lançamento.

Disto isto, então:

Para quem é a Fórmula de Lançamento (FL)?

O FL (Fórmula de Lançamento) é para duas categorias de pessoas:

Categoria 1: Empreendedor. Aquele indivíduo que a principal fonte de renda vem do empreendimento. Isso é, ele sobrevive do empreendedorismo.

Categoria 2: Aspirante a empreendedor. Aquele que ainda não empreende, ou empreende mais ou menos, como uma segunda atividade, mas aspira criar um negócio que o sustente.


Mas é para qualquer empreendedor ou aspirante?

Não, é só para aqueles que querem aprender o passo a passo detalhado para fazer o seu primeiro 6 em 7.

E aqui eu preciso distinguir uma coisa.

Todo mundo quer fazer um 6 em 7 de forma íntegra. Até quem não tem coragem de admitir em voz alta, quer.

O problema é que nem todo mundo quer aprender a fazer.

Isso não é só com o 6 em 7 não.

Pensa bem. Todo mundo quer falar inglês fluente. Mas nem todo mundo quer fazer o necessário para aprender a falar inglês fluente.

E aqui eu vou falar uma coisa polêmica. É uma coisa que eu posso até estar errado. Mas se você me permitir, eu vou falar.

Eu acredito que todo mundo quer ter um corpo saudável. Quiçá, um corpo bonito (o que quer que seja bonito para você).

Mas nem todo mundo quer fazer o necessário para ter.

E tá tudo bem. Eu acredito no livre arbítrio e cada um deve ter suas escolhas e prioridades.

Eu só gostaria de deixar claro que o FL não é um programa para quem quer um 6 em 7.

Esse é um programa para quem quer aprender a fazer o necessário para chegar a um 6 em 7.

E entre eu e você, isso vai dar trabalho.

Então se você é preguiçoso e não acredita em trabalho duro, o FL não é para você.

Só para deixar claro mais uma coisa.

O FL é para mim se eu ainda não tenho nem ideia do produto ou negócio que eu vou lançar?

Essa é uma pergunta comum dos aspirantes.

A resposta é sim. É absolutamente.

Se você quiser saber o porquê disso, basta clicar neste link e ler esse texto.

[Vale a pena fazer a FL se você ainda não sabe o que vender?]

Esse link explica tudo.

Agora você pode estar se perguntando: para quem o FL não é?

O Fórmula não é feito para quem quer resultados medianos.

O Fórmula de Lançamento faz você entender que faturar um 6 em 7 está ao seu alcance agora.

Deixa eu te contar um fato que explica essa situação.

Um carro de Fórmula 1 foi projetado para andar a 350 km/h.

Imagina a engenharia e o conhecimento que você tem que ter para fabricar uma máquina que anda em cima de quatro rodas quase na metade da velocidade de muitos aviões.

O Fórmula 1 é preparado nos mínimos detalhes para voar no asfalto. Cada parafuso, o material do chassi, cada centímetro a mais ou a menos em um carro desse foi pensado para que ele possa atingir a maior velocidade final.

É um carro feito para andar rápido. E não vale a pena fazer investimento em um carro desse se você quer andar a 80 km/h.

É um desperdício.

Se você quer andar devagar, não vale a pena investir para saber o que há de melhor que há na indústria.

Basta um carro 1.0 meia-boca.

E o Fórmula de Lançamento é o Fórmula 1 do marketing digital.

Ele é para quem quer ter um alto nível de resultados.

Então se você quiser um pouco mais de clientes ou vendas, ou criar um negócio que não seja capaz de gerar 6 dígitos de faturamento em 7 dias, usar o Fórmula de Lançamento é igual a tentar matar um passarinho com um canhão.

Outra coisa que é importante falar: o Fórmula de Lançamento não é nenhuma proposta relacionada a Marketing Multinível ou franquia.


O design do FL é criar um negócio ou adaptar o seu negócio para ser capaz de gerar 6 em 7. Um negócio 100% seu.

Um negócio que você tem 100% do controle. Da produção do produto à venda.

Um negócio que você pode até deixar de herança para os seus filhos, caso deseje.

Mas antes de eu te explicar exatamente como funciona aFL, é importante que você entenda como eu descobri ela.

Como eu cheguei nesse método?

Meus pais tinham muito medo que eu e meus irmãos pudéssemos passar pelas mesmas dificuldades que eles passaram.

Meu avô morreu quando meu pai era bem pequeno, e deixou minha avó cuidando de nove filhos. Se você sabe o custo de criar um filho, agora multiplica isso por nove.

E considera que minha avó era uma simples dona de casa. Eu não sei se o meu pai chegou a passar fome, mas eu sei que a coisa era bem tensa. Para ajudar nas contas de casa, ele até vendia alface no tabuleiro de porta em porta.

A minha mãe vinha de uma situação financeira um pouco melhor. Mas as coisas se complicaram quando a minha avó materna morreu de câncer aos 45 anos.

Depois disso meu avô passou por maus bocados. Ele entrou para o ramo de empréstimo de dinheiro e perdeu todas as terras que tinha, todo o dinheiro que juntou a vida toda.

No final da vida, ele tinha que acordar cedo todo dia para assar biscoito de polvilho e pão de queijo que ele vendia nas padarias.

Quando meu avô morreu, não era nem dono da casa que morava.

Por que eu estou te contando isso?

Para você entender que a missão dos meus pais era investir até o último centavo, tudo que eles pudessem, para garantir uma boa educação para eu e meus irmãos.

Que, acima de tudo, a gente tivesse um emprego estável.

Garantir um futuro que me deixasse “amarrar o burro na sombra”, como dizia a minha mãe.

Só que todo o salário da minha mãe era para pagar o Marista (uma boa escola particular de Brasília) e a Thomas Jefferson (um dos cursos de inglês mais caros da cidade) para mim e para meus dois irmãos.

Em valores de hoje, nossa educação custava pra mais de R$ 12 mil.

E aí eu fiz o que a minha mãe sempre sonhou. Estudei muito e me formei na melhor faculdade pública que eu consegui passar (UFSCar).

Eu comecei a trabalhar para os maiores bancos de investimentos do mundo em Londres.

Eu fazia por mês mais do que meu irmão mais velho tirava em um ano.

Era o paraíso que meus pais sempre sonharam pra mim.

Só que tinha um problema

Uma coisa que só eu e minha esposa sabíamos.

Eu era extremamente infeliz.

Infeliz porque aquele não era o meu sonho. Eu estava vivendo a vida que meus pais queriam que eu vivesse.

Tudo isso que eu fiz era para honrar o que minha mãe e meu pai fizeram por mim.

Não me entenda errado. Eu não quero criticá-los e também não culpo meus pais, de jeito nenhum.

Tudo que eu tenho hoje é por causa da visão e esforço dos meus pais. Eles deixavam de viajar de férias para investir na nossa educação.

Eles abriram mão de muita coisa para que a gente estudasse nas melhores escolas.

Só que eu não era feliz.

Não sei se você já passou pela experiência de não gostar do seu trabalho.

Mas é muito ruim a sensação de acordar e não querer ir para o trabalho de jeito nenhum.

A angústia de ouvir o despertador tocar e não ter ânimo para levantar da cama.

Não era aquilo que eu queria fazer pro resto da minha vida. Minha paixão não era ajudar a precificar títulos de dívida pública para bancos de investimentos europeus.

Não era uma questão de dinheiro ou de status. Era uma questão de realização. E eu não tinha nenhuma realização naquele momento.


No auge da minha crise, eu resolvi fazer um curso de desenvolvimento pessoal. E lá eu enxerguei que dentro de 10 anos eu iria ter a mesma vida do meu chefe.

Fazer o que ele fazia, morar como ele morava, ganhar o que ele ganhava. A ficha caiu porque eu não queria me tornar o meu chefe.

Nem que aquilo me desse muito dinheiro. Eu não queria passar os próximos 10 anos para fazer o que eu não gostava, para me tornar quem eu não queria me tornar.

Eu só pensava que daqui uns anos eu iria morrer, iam jogar terra na minha cara, e eu não teria feito o que eu queria de verdade.

Naquele dia eu entendi que eu devia seguir o meu coração.

Meu sonho de criança sempre foi ser empreendedor. E eu não sei exatamente quando eu decidi isso, mas é um daqueles sonhos que ficaram engavetados.

Em janeiro de 2009 eu pedi demissão. Pedi demissão para criar um negócio que eu nem sabia qual era.

Aí eu fui tentar minha carreira de empreendedor. Criei uma empresa muito massa que ajudava pessoas a comprarem imóveis por até 40% do valor de mercado em leilão.

Eu não vou entrar muito a fundo no funcionamento dessa empresa, porque isso não interessa agora. Mas eu vou te contar o resumo da ópera.

Eu coloquei o produto no mercado e retornou só R$ 4 mil de lucro. Não pagava nem os custos de produção.

O problema é que a única coisa que eu conseguia fazer era rezar para as pessoas comprarem o produto. Rezar para elas recomendarem para os amigos.

Foi aí que eu percebi que não sabia fazer marketing. Que não bastava só ter um produto bom.

Então eu comecei a consumir todo conteúdo de marketing digital que passava pela minha frente. O problema é que a quantidade de informações disponível é enorme e completamente desorganizada.

Eu estava vivendo uma bagunça mental, uma overdose de informação

E aquilo só tava me deixando confuso.

Para dar um basta nisso, resolvi investir alto na minha educação de marketing digital. Fui atrás do melhor conteúdo pago disponível no mercado americano.

Nessa busca eu finalmente acabei encontrando um curso com o conteúdo que eu precisava, da forma que eu precisava.

Só que o curso custava 5 mil dólares. E era metade online, metade presencial, nos Estados Unidos. Meus amigos mais próximos pensaram que eu tinha ficado louco ao comprar um curso que eu tinha acabado de conhecer.

Mas foi esse curso que me deu um direcionamento simples e prático que foi o grande momento de virada da minha vida.

Eu resolvi relançar o meu produto. Mas era a minha última chance.

Porque se eu falhasse de novo, se eu não fizesse aquele negócio funcionar, eu teria que voltar para o banco.

E do jeito que eu pedi demissão, eu tinha meio que cometido um suicídio corporativo.

Mas aquele foi o momento da virada.

No dia 23 de março de 2010 (eu lembro mais desse dia do que do meu próprio aniversário) em 7 dias consecutivos a gente gerou mais de R$ 100 mil em vendas. Foram R$ 42 mil foram só na primeira hora.

A grande sacada é a seguinte: o que me transformou naquele dia não foi ter feito 6 em 7.

Foi saber que eu tinha seguido um método, uma fórmula.

E que eu poderia fazer aquilo de novo e de novo quando eu quisesse, usar esse método em outros negócios.

Alguém tinha conseguido organizar e transmitir o conhecimento necessário para montar uma fórmula para usar a internet para gerar resultado extraordinariamente palpável.

Então, um grupo de investimentos da Austrália me convidou para lançar no Brasil um produto deles, que ensinava a investir na bolsa.

Mas quando eu saí do banco, não foi por dinheiro.

Logo, o que mais me interessava não era dinheiro. Eu só quera fazer um negócio que fizesse meu coração cantar.

Minha esposa chegou em mim e disse:

“Erico, porque você não ensina marketing e empreendedorismo digital? Você fala disso com todo mundo. Você fala com meu pai, com minha mãe, com o porteiro, com a mulher do guichê para fazer check-in do avião. Porque você vai vai falar disso com alguém que está interessado em ouvir?”

Era isso. Eu entendi que eu poderia ensinar a mesma Fórmula que eu usei. Ensinar a outras pessoas o passo a passo que me levou àquele resultado.

Lancei a primeira turma, a segunda turma...

E a cada turma que passava, eu ia vendo os resultados que as pessoas tinham. Eu passei a ficar viciado nas histórias que elas me contavam.

Quando você encontra essas pessoas e pergunta para elas o real impacto do Fórmula, descobre que para elas, faturar um 6 em 7 é mais do que isso. É mais do que o dinheiro.

É liberdade de viver na cidade que você quer. De passar o tempo que quiser com o seu filho. De espalhar sua missão para o mundo.

E de não falar mais com 1 ou 2 pessoas, mas falar com milhares. É encontrar um desconhecido na rua, ele virar para você, te olhar com olho cheio d'água e dizer “Obrigado, você não sabe o tanto que você mudou na minha vida.”

Por isso que eu decidi ensinar a Fórmula. É isso que eu faço.

Como funciona a Fórmula de Lançamento?

A Fórmula de Lançamento começa online.

Por que? Para você fazer de qualquer lugar que tiver internet, de acordo com o seu tempo.

Além disso, umas pessoas são mais rápidas para aprender, outras mais devagar. Por isso que ensinar tudo presencialmente não é ideal

Porque você faz no seu tempo. Tem gente que não dorme fazendo o Fórmula. Outros preferem fazer 5 minutos por dia. Não tem nada de errado. É fazer no seu tempo.

Ela também começa com uma turma.

As pessoas começam juntas. Porque eu percebi que se você simplesmente der essa informação para a pessoa começar sozinha, as chances de sucesso são menores.

A gente tem mais resultado quando está numa comunidade. Quem quer ir longe, vai acompanhado.

Quando você entra na fórmula você entra numa comunidade secreta no Facebook onde a gente divide conhecimento. Tem pessoas prontas para responder todas as suas dúvidas.

Mas pode ainda estar se perguntando:

O que eu aprendo no Fórmula de Lançamento?

Tudo começa com um ponto chave, o ingrediente principal de cada negócio online que eu já construí:

Construção de uma audiência.

Eu vou te ensinar exatamente como fazer isso. Como ter uma legião de seguidores consumindo o seu conteúdo e prontas para comprarem o seu produto ou serviço.

Isso passo a passo, tim tim por tim tim, mesmo que você esteja começando do absoluto zero.

Se você já tem audiência, vou te pedir um pouco de paciência aqui, porque a próxima parte vai ser interessante para você.

Mas voltando ao assunto...


Para começar essa audiência, você vai aprender que existem duas maneiras diferentes de construir sua primeira lista semente.

Atenção: ela se chama lista semente porque começa igual a uma sementinha, que quando brota se transforma em uma árvore grande, que rende muitos frutos.

E isso é só o começo, como foi o caso do Gerônimo Theml.

O Gerônimo foi um dos meus alunos no Fórmula. Quando ele começou, tinha zero seguidores, zero pessoas na lista de e-mail.

Meses depois ele tinha mais de 20 mil emails na lista. Que permitiram fazer R$ 97 mil no primeiro lançamento.



Hoje ele tem mais de 50 mil pessoas que formam a audiência dele.

E o Gerônimo começou do zero. Assim como você pode começar.

Ainda não acredita? Eu vou te dar mais um exemplo.

Quando a Gisele Hedler entrou no Fórmula, ela também tinha zero seguidores em redes sociais. Zero pessoas na lista de e-mails.

A Gisele trabalha no nicho de nutrição funcional. E já no primeiro lançamento semente ela fez 6 em 7. R$ 400 mil de faturamento em uma semana.

No primeiro lançamento ela saiu de zero para 2.237 leads.

E o que eu provo no Fórmula é que um raio pode cair no mesmo lugar várias vezes.

No último lançamento que a Gisele fez, já tinha 12.585 leads. E atingiu um faturamento de R$ 575 mil em 7 dias.

Ela também começou do zero, sem audiência nenhuma.

Todos os vídeos com esses depoimentos estão disponíveis no meu canal do Youtube. Se você quiser, o meu suporte pode te enviar também.

Mas entenda que algumas pessoas têm mais resultado, outras têm menos. Algumas pessoas não têm nenhum resultado.

Porque o Fórmula precisa ser aplicado para gerar resultado.

Porque ela não é uma fórmula mágica. Eu avisei logo no início dessa carta, preto no branco. Mas não custa avisar aqui de novo.

Mas Erico, e se eu ainda não sei o que vender?

Nós já conversamos aqui que essa preocupação não é um problema. Basta clicar no link para ler o texto abaixo, que eu tenho uma resposta definitiva.

[Vale a pena fazer a FL se você ainda não sabe o que vender?]

Mas se você tem essa dúvida, eu acho ótimo.

Porque 2 dos 7 tipos de Lançamento que eu ensino são para pessoas que estão começando do zero. E eu ensino o passo a passo de como começar o seu negócio.

E digo mais.

Você passa a enxergar oportunidades que estavam fora do seu radar. Tomar novos caminhos e começar novos negócios.

Eu vejo isso em toda turma. Alguns alunos chegam no fórmula sem saber do que lançar, e saem com mais ideias do que eles têm tempo para executar.

Mas eu não vendo conto de fadas. Eu jogo limpo sobre como o Fórmula funciona. Por isso o que eu vou dizer agora pode frustrar a sua expectativa ou manter os seus pés no chão.

Uma audiência enorme não serve para nada.

A não ser que aquelas pessoas que estão na sua lista abram seus e-mails, participem e façam o que você está pedindo para elas fazerem.

E eu não conheço nada que cria um relacionamento mais rápido e forte que um lançamento bem orquestrado.

No caso do Gerônimo o resultado dele foi proporcional ao relacionamento que ele criou com a audiência dele durante o Fórmula.

Por isso que dentro do Fórmula você aprende a construir uma audiência do zero de milhares potenciais clientes.

Aquele tipo de pessoa que você define como o perfil, comportamento e capacidade financeira ideal para consumir o seu produto.

Depois ele te ensina como você vende para elas, de forma íntegra. Transformando mesmo aqueles que não compraram em verdadeiros fãs e até futuros compradores.

Mas será que é tão simples assim?

Claro que não, você vai precisar botar os meus modelos de lançamento e adaptar para o seu negócio.

Para deixar o seu caminho mais tranquilo, eu vou te entregar o meu arquivo pessoal de lançamentos.

Lançamentos que geraram múltiplos de oito dígitos em vendas. Modelos que você pode seguir.

Seus pontos cegos vão ser preenchidos por modelos testados no campo de batalha.

E pode ser surreal falar algumas coisas que eu estou te falando aqui.

Porque é normal. Depois de fazer um lançamento bem orquestrado, você passa a enxergar lançamentos de uma maneira que só faz sentido para quem já fez um.

E um lançamento bem orquestrado gera uma série de benefícios que vão além do dinheiro.

Porque eu falo bastante de fazer um 6 em 7. Mas isso não é tudo.

Porque o Fórmula é muito mais do que uma injeção de dinheiro no seu caixa.

É mais do que o dinheiro entrando na sua conta.

Existem outros benefícios que o lançamento traz que você pode aproveitar.

Porque se você não evoluir, o lançamento pode se tornar um vício. Tudo bem que é um vício bem lucrativo.

Mas você vai ter que acabar repetindo o lançamento para a entrada de caixa acontecer.

Porque o real benefício da FL é estabelecer um negócio sólido.

E isso está no DNA de cada detalhe desse processo que eu vou te ensinar.

Quando eu digo Fórmula, é uma fórmula mesmo.

De cada post, de cada vídeo, de cada email para enviar, quando enviar.

Ela cobre o processo inteiro.

Como obter a lista, como obter o produto, como fazer o empilhamento de lançamento, para que um lançamento sirva de trampolim para o impacto outro.

Veja bem.

O que difere o homem dos meninos ou as mulheres das meninas, é a habilidade não só de gerar uma campanha que gere bons resultados.

É fazer uma campanha que gere resultados extraordinários, e fazer com que essa campanha posicione uma outra, para que essa que veio na sequência atinja resultados ainda mais expressivos que a campanha anterior.

É como se fosse um jogo de sinuca. Imagine que você tem que matar duas bolas: a amarela e a verde.

Então não adianta só matar a bola amarela. Tem que matar a amarela e posicionar a bola branca na frente da verde para encaçapar a outra com mais eficiência.

É isso que acontece com o empilhamento. Cada lançamento posiciona ainda melhor o próximo. Esse vídeo abaixo ilustra isso de uma maneira metafórica.



Com mais poder de listas, de parcerias, com um poder de conversão maior.

Eu sei que isso pode parecer um pouco complexo. Mas tem algumas coisas que você só consegue enxergar depois que começa a fazer um lançamento.

Também existe um grande porém.

Para você empilhar lançamentos, existem táticas fundamentais dentro do Fórmula.

Essas táticas alimentam estratégias que permitem que um lançamento seja maior que o outro.

São táticas que foram aprimoradas ao longo dos oito anos que eu trabalho com marketing digital. Táticas que sobreviveram ao campo de batalha por diversas vezes.

Use essas táticas e seus lançamentos vão tender a crescer.

Não use elas e você vai acabar como um viciado em lançamentos.

Essa é uma das razões para qual a FL criou mais resultados e mais histórias de sucesso do que qualquer outra estratégia de mkt digital na história do Brasil. Ponto final.

Se você quiser colocar a Fórmula de Lançamento para trabalhar para você, eu terei o maior prazer em te falar como você pode se inscrever no programa.

Mas em primeiro lugar, deixa eu te contar umas regras fundamentais do programa

Regras fundamentais do FL

Primeiro: por ser um treinamento online, as inscrições ficam abertas por um pequeno espaço de tempo e as vagas são limitadas.

Eu sei que você ouve esse negócio de vagas limitadas o tempo todo, mas isso é realmente sério.

Porque é o seguinte. Se não tivesse limite de vagas, eu não ia me importar em ter gente se inscrevendo e não fazendo nada.

Mas eu não quero ver gente desperdiçando o lugar quando outra pessoa poderia ter aproveitado aquela vaga para causar algo de poderoso no seu negócio e impactar a vida de muitas pessoas.

Você tem que estar comprometido com o seu sucesso.

Se você conseguir se inscrever no FL, é isso que vai levar:

Você vai levar meu programa de treinamento online em 5 módulos. Eu dividi em 5 para você aprender a criar, sequenciar e orquestrar o seu lançamento.

A gente vai passar por cada sessão a cada 7 a 10 dias. Mas se você ficar para trás, não tem problema.

Esse programa fica no ar por 3 anos. Para você assistir no próprio tempo, com a sua velocidade.

Eu como eu disse, ainda vou disponibilizar meus modelos pessoais de lançamento para adaptar ao seu negócio atual. Ou simplesmente para preencher as lacunas no negócio que você vai criar, para você não ter pontos cegos.

O importante é você entender que vai sair com o seu plano de lançamento completo. Esboço de e-mail, pré-lançamento, pós-lançamento, post de blog.

Mesmo que você ainda não tenha um produto ou serviço para vender. Você descobre isso dentro do Fórmula.

Eu sei que eu já falei isso, mas se você chegou até aqui, por ter passado muito rapidamente por aquela parte. Então, não custa nada reforçar agora de novo:

[Vale a pena fazer a FL se você ainda não sabe o que vender?]

O importante é saber que você terá cada passo explicado, tim tim por tim tim.

Tudo detalhado para você.

E mesmo assim se ficar alguma dúvida, eu ou alguém da minha equipe vamos tirar a sua dúvida.

Agora que você já sabe o que vai aprender, deve estar se perguntando:

Quanto custa o Fórmula de Lançamento? Quais as formas de pagamento?

O custo do Fórmula de Lançamento é zero.

Aqui eu vou dizer exatamente o que eu quero dizer com isso.

O Fórmula de Lançamento não é um custo. Na minha opinião, o FL é um investimento.

Deixa eu te explicar porque eu acho que é praticamente impossível você sair perdendo com esse investimento.

Primeiro você tem que estar disposto a investir:

    R$ 5.997,00 à vista por transferência bancária ou no cartão de crédito
    R$ 6.979,00 parcelado em 7 vezes no cartão de crédito (7 parcelas de R$ 997)
    R$ 7.500,00 parcelado em 12 vezes no cartão de crédito (12 parcelas de R$ 625)

Isso cobre meu tempo para organizar essa oferta para você, e garante para mim que só pessoas realmente sérias vão entrar no programa.

Desse investimento existem dois possíveis cenários:

Primeiro cenário: você pega as táticas e estratégias que eu ensino no FL, aplica exatamente do mesmo jeito que eu falei.

Nesse caso você pode precisar de uma calculadora com mais dígitos para calcular o retorno de investimento que você pode ter.



É o caso do Diogo, um professor que dava aula particular.

Quando ele entrou na Fórmula de Lançamento, passava 14h por dia em sala de aula, e só queria melhorar um pouco a situação financeira.

O Diogo conta que colocou em prática todo o passo a passo do Fórmula de Lançamento. Cada detalhe.

Ele fez R$ 1,8 milhão em 2017, e hoje chega a recusar clientes. Isso aos 25 anos de idade.

Segundo cenário: você não faz nada, acaba se distraindo, ou simplesmente decide que esse material não foi feito para você.

Nesse caso, basta você tirar proveito da minha garantia incondicional de 14 dias.

É só você mandar um e-mail nos primeiros 14 dias que você se inscreveu no Fórmula. Dizendo que você quer receber seu dinheiro de volta.

A gente devolve cada centavo do seu dinheiro que foi investido no ingresso do Fórmula.

Sem ressentimento, sem letra miúda.

E a gente ainda pode continuar amigo.

É simples assim, preto no branco.

Eu não sei você, mas eu adoraria achar outros investimentos assim. Porque você tem 14 dias para ver se esse programa é ideal para você.

Se não for, basta nos primeiros 14 dias enviar um e-mail que eu vou devolver cada centavo do seu dinheiro investido no FL.

Você é o juiz.

É como se o Fórmula de Lançamento fosse um bilhete de loteria.

Só que, ao contrário de um bilhete comum, esse bilhete te oferece a possibilidade de reembolso do valor total pago nele caso ele não seja o bilhete premiado.

Você compraria esse bilhete?

Você investiria seu dinheiro nele tendo a certeza que, se ele não fosse o bilhete premiado, você pudesse ir na lotérica pedir o ressarcimento desse bilhete de volta?

A Fórmula de Lançamento é como se fosse esse bilhete premiado.

Eu já disse isso, mas não custa repetir.

Não quer dizer que ela é uma fórmula mágica.

Isso quer dizer que muita gente já teve resultado com a Fórmula de Lançamento.

Um resultado que vem da dedicação, do esforço e da energia que centenas de empreendedores investiram para colocar a Fórmula de Lançamento em ação.

Mas se dentro dos 14 primeiros dias você achar que a Fórmula não é um bilhete premiado que pode retornar o seu investimento em várias vezes, basta você me mandar um e-mail pedindo o cancelamento, que eu envio o seu dinheiro de volta.

Acho que na vida vai ser difícil você encontrar um acordo desses.

Porque nesse caso, o risco é todo meu.

E por que eu estou assumindo esse risco?

Porque a Fórmula funciona.

Porque eu já vi a Fórmula funcionar com os meus próprios olhos.

Porque eu já apertei a mão de centenas de empreendedores que tiveram resultado com a Fórmula.

E porque eu quero apertar a sua mão também.

E tem só uma última coisa que eu preciso falar com você.

Se você ficou interessado em participar, isso nos leva à próxima pergunta:

Como eu posso me inscrever no Fórmula de Lançamento?

As matrículas para o Fórmula de Lançamento não estão abertas o tempo inteiro. Na verdade, as turmas abrem em poucos momentos do ano.

Se você quiser saber o por que isso acontece, leia o próximo texto.

[Por que você abre e fecha as inscrições do Fórmula de Lançamento?]

Geralmente, antes de abrir as matrículas do Fórmula de Lançamento, nós oferecemos uma MasterClass. Ela é uma introdução, um aperitivo do que você irá aprender no FL.

Caso a MasterClass seja assistida online, o acesso é gratuito. Se você optar por assistir ao vivo e presencialmente, existe uma taxa simbólica.

Existem dois formatos para essa MasterClass:

1 - MasterClass Day: esse formato ocorre apenas presencialmente. Nele, eu passo o dia inteiro imerso com você, introduzindo os primeiros passos para chegar ao primeiro 6 em 7.

Assim, além de aprender muito sobre Marketing Digital e ter um aperitivo sobre o que a FL é capaz de fazer, ao final do dia os participantes da MasterClass Day têm a chance de se inscrever no Fórmula de Lançamento, caso queiram adquirir o conhecimento completo sobre o assunto.

2 - MasterClass: Nesse formato, o conteúdo da MasterClass Day é dividido em três dias.

É ideal para pessoas que não podem investir um dia inteiro para aprender sobre essa jornada e preferem aprender o conteúdo por partes e à noite.

Ao final na terceira aula, eu anuncio quando será a abertura das novas turmas da Fórmula de Lançamento.

Estas turmas têm um número limitado de pessoas, pois, apesar de ser online, nós temos uma equipe de suporte responsável por responder todas as perguntas e dúvidas dos participantes.

E, uma vez abertas as inscrições, as vagas tendem a se esgotar rapidamente.

Pela experiência dos últimos anos, o período de abertura das turmas varia entre horas ou poucos dias.

Qual a diferença entre a MasterClass e a Fórmula de Lançamento?

A MasterClass é uma experiência de aprendizado focada e densa. São mais de 8h de conteúdo, e cada momento foi milimetricamente pensado para entregar a maior quantidade de conteúdo no tempo disponível.

Ela é focada em três partes principais e entregue durante três noites (na MasterClass 6 em 7) ou em um dia inteiro de imersão (no caso da MasterClass Day).

Na primeira parte, você descobre os 3 ingredientes fundamentais de um negócio que é capaz de faturar um 6 em 7 (R$ 100 mil em 7 dias).

Esses ingredientes servem tanto para o seu negócio atual, como para um futuro negócio que você eventualmente crie, se quiser (mesmo que você ainda não tenha ideia de qual seja).

Tanto o seu negócio atual quanto o seu potencial futuro negócio serão projetados para ter a capacidade de fazer um 6 em 7 com ajuda do marketing digital.

Mas esses são apenas os pré-requisitos do jogo, a preparação para entrar no jogo de verdade.
Imagine que o 6 em 7 seja um bolo. Na primeira parte eu vou falar dos ingredientes que você vai precisar e o que você pode esperar durante a preparação.

Eu estruturei dessa forma porque é muito mais fácil você entender os pré-requisitos para fazer o bolo antes de colocar a mão na massa.

Porque senão, você vai colocar a mão na massa. Aí na hora falta ingrediente, você não sabe a ordem para colocar cada coisa. Você não tá preparado e vira uma zona.

Isso vai levar aproximadamente uma hora. Depois eu levo ao palco algumas pessoas que conseguiram fazer esse bolo, que alcançaram o 6 em 7. Essas pessoas vão te contar experiências sobre como eles usaram cada conceitos e ingredientes dessa primeira parte na execução do bolo.

Eu faço isso porque acredito que você pode enxergar melhor o processo. Você aprende um pouquinho a teoria e vê como funciona na prática.

Para completar, depois dos estudos de caso, eu abro a sessão de perguntas e respostas. Para conversar com você, preto no branco, e tirar as dúvidas que restaram.

Sim, isso é apenas a primeira parte da MasterClass. 

Os primeiros passos da jornada.

Na segunda parte dessa MasterClass nós mergulhamos na execução do método. O processo de vendas usando marketing digital que mais gerou R$ 100 mil em 7 dias para empreendedores comuns.

Porque agora que você já tem os pré-requisitos, a gente começa e entender o passo a passo.
A jornada continua com mais estudos de caso de pessoas comuns que saíram do zero e atingiram um 6 em 7.

Depois resolvemos mais perguntas e respostas.

Digamos que essa parte 2 é a explicação da preparação do bolo.
Com esse conteúdo, você estará pronto para a terceira e última parte. Inclusive essa parte é a mais importante.

Eu diria que a terceira parte é responsável por gerar a maioria dos benefícios da MasterClass inteira. As duas MasterClasses anteriores só te deixam preparados para essa.

No caso do futebol, a primeira parte coloca a bola no meio de campo. A segunda coloca a bola na grande área. E essa terceira chuta a bola para dentro do gol.

Por que ela é importante? De pouco adianta colocar a bola na área se você não quer aprender a chutar para dentro do gol.

Na terceira parte, você já conhece os pré-requisitos e já tem uma noção de como é o método. Nós mergulhamos então em como você pode começar a sua jornada imediatamente.

E quando eu falo de começar agora, eu já indico os primeiros passos. Eu vou falar do lançamento semente. Esse lançamento explica como você pode ser pago para construir o seu primeiro produto capaz de fazer um 6 em 7.

Em outras palavras, como você pode pré-financiar a criação do seu negócio, ou pré-financiar as modificações que você vai fazer na sua operação atual para atingir o 6 em 7 com ajuda do marketing digital.

Do mesmo jeito que nos momentos anteriores, após essa terceira parte da MasterClass, também trazemos estudos de caso e resolvemos perguntas.

Como você pode ver, a MasterClass é intensa e repleta de informações. São mais de 8h de aprendizado e conteúdo focado, com estudos de casos e sessões de perguntas e respostas.

Mesmo assim, com a maior quantidade de conteúdo que eu consigo passar nessas 8h, muitas pessoas que participam querem dar um passo além da MasterClass. Querem mergulhar mais a fundo nessa jornada.

Para essas pessoas nós oferecemos a Fórmula de Lançamento

É um programa ainda mais intenso e detalhado, com mais de 40h online. Com bônus de 3 dias adicionais, que são presenciais.
Aqui embaixo tem uma descrição detalhadíssima da FL.


Acho importante que você leia toda essa descrição, palavra por palavra, antes da MasterClass. Definitivamente eu posso te dizer: a FL não é para todos, pois exige quantidade de esforço e dedicação avançados.

Eu abro as inscrições da Fórmula de Lançamento logo após a MasterClass. Caso você esteja considerando mergulhar ainda mais profundamente no que já vai ser ensinado na MasterClass, clique no link acima para estar preparado para se inscrever no dia.

Essa descrição fala inclusive do preço e exatamente o que esse programa cobre.
Por que eu falo isso?

Porque as vagas são limitadas, e as inscrições lotam em horas. E essas vagas só vão ficar abertas no dia da MasterClass. Logo, não vai dar para se inscrever depois.

Abraços,
Erico

Vale a pena fazer a FL se você ainda não sabe o que vender?

Eu já perdi as contas de quantas vezes me perguntaram isso.

E, neste texto, eu vou responder essa pergunta de forma categórica e definitiva.

Mas, para isso, eu preciso te contar uma coisa.

Ou melhor: vou te contar provavelmente A história mais contada e recontada de todos os tempos.

A primeira pessoa que contou essa história, lá pelos anos de 348 antes de Cristo, foi Platão (o próprio), mas eu vou contar aqui do meu jeito.

Imagine a seguinte situação:

Dois homens viviam dentro de uma caverna e, por medo ou incerteza, nunca saíam de lá - ou sequer chegavam perto da saída.

E por nunca terem chegado perto da saída, tudo o que eles conseguiam ver eram as sombras daquilo que existia lá fora.

Aquilo era o que eles conheciam como realidade.


Quer dizer que aquilo que era a realidade?
Não.

Mas de dentro da caverna era impossível saber o que tinha lá fora.

Agora, por que eu tô te contando isso?

Algumas poucas pessoas deixam de fazer a Fórmula de Lançamento por ainda não terem ideia de que produto ou serviço lançar.

O problema é que, sem fazer a Fórmula de Lançamento, fica difícil de entender que tipo de produto ou serviço específico é possível lançar para fazer um 6 em 7 (ou seja, mais de R$ 100 mil de faturamento, 6 dígitos, em 7 dias).

Tentar descobrir um produto ou serviço ideal para fazer um 6 em 7 sem fazer a Fórmula de Lançamento é o mesmo que esses homens tentarem entender o mundo fora da caverna sem sair da caverna.

Em outras palavras, o curso da Fórmula de Lançamento abre os seus olhos para uma realidade diferente da que você vive.

E é isso que aumenta drasticamente as chances de você encontrar seu produto ou serviço.

Logo, se você não sabe o que vender, a maior recomendação que eu posso te dar é se inscrever na Fórmula de Lançamento enquanto pode.

Foi isso que a Luciana Fiaux e o Gerônimo Theml fizeram.

Pode parecer que eles já entraram na FL sabendo o que iam lançar, mas não é verdade.

Eles entraram na FL sem ter produto ou serviço pra vender.

E a Luciana faturou R$ 129 mil. O Gerônimo, múltiplos 7 dígitos (ou seja, múltiplos milhões).

Fez sentido para você?

Se ainda não, deixa eu complementar esse raciocínio com um fato simples.

Na semana passada eu me reuni com um grupo de alunos da Fórmula de Lançamento e um deles me mostrou um vídeo de um cara que talvez você conheça, talvez não, que chama Tiago Brunet.

Nesse vídeo, o Tiago Brunet conta a seguinte história:

Um belo dia, às 5 horas da manhã, o filho dele, José, de 4 anos foi até o quarto dele, o acordou e perguntou:
- Pai, quando eu crescer eu vou poder casar?

E ele falou pro filho:

- Já tá de olho em alguém, filho? haha.

E completou:

- Vai, vai poder casar sim.

E o menino perguntou:

- E eu vou poder ter filho?

- Vai poder ter filho, sim.

- E o que você vai ser dele, pai?

- Eu vou ser avô.

- Mas e o avô Dario*?
(*Dario é o avô do José)

- O avô Dario vai virar bisavô do seu filho.

-Ah… Mas pai, quando eu casar, que babá vai cuidar de mim?

A plateia ali na hora riu e brincou com a situação, que é engraçada, de fato.

Mas aí o Tiago explicou uma coisa que me fez ficar presente prum fato curioso.

Ele falou assim:

- Deixa eu te explicar qual é a preocupação do meu filho:

Ele tem 4 anos.

Ele só vai ao banheiro se alguém leva.

Ele só come se alguém dá comida para ele.

Ele está o tempo todo com alguém: pai, mãe, vó, babá.

Foi aí que a dúvida surgiu na cabeça da criança:
se ele vai casar, morar em outra casa, longe da família, quem vai cuidar dele?

Na cabeça dele, é inconcebível não ter uma babá.

E aí ele diz a grande sacada:

A mente dele vê o futuro limitado ao que ele conhece do presente.

Por que eu tô te contando isso?

Porque na minha cabeça é muito difícil você conseguir visualizar um produto capaz de gerar um 6 em 7 com a mente que você tem agora.

Infelizmente, sem fazer a Fórmula de Lançamento, vai te faltar distinções e conceitos que serão determinantes para você conseguir visualizar um produto ou serviço que se encaixe na sua realidade e que seja capaz de gerar um 6 em 7.

Logo, se você não sabe o que vender, mas quer fazer um 6 em 7, seu primeiro passo é se matricular na FL enquanto você ainda pode, se ainda estiverem sobrando vagas.

Foi o que aconteceu com o professor Diogo. Quando ele entrou na Fórmula de Lançamento, a única coisa que fez ele se inscrever foi o sonho de melhorar de situação financeira.

Ele não tinha ideia que ia ensinar o que ensinou - e acabou faturando R$ 1.8 milhão em 2017. Isso aos 25 anos de idade.

Antes de entrar na FL ele estava na caverna.

Antes de entrar na FL ele via o futuro com a mente do presente.

Somente depois de entrar na FL ele acabou visualizando o produto que ele tinha que lançar.

E o mais interessante de tudo é que o produto estava na cara dele o tempo inteiro: ele só não conseguia ver.

Como assim não conseguia ver, Erico?

Reza a lenda que lá pelos idos de 1500, chegaram por aqui umas caravelas muito loucas e boladonas com os portugueses.

Só que olha que viagem:

Parece que os relatos da época indicam que os índios que viviam aqui não "viram" as caravelas chegarem.

Viam só as ondulações do mar.

Porque era uma situação tão improvável na cabeça dos índios, que eles não conseguiam ver acontecendo.

Porque eles achavam impossível que dez naus e três caravelas pudessem surgir no mar e atracar em terra firme. Era uma realidade que eles nunca imaginaram que fosse ocorrer.

E as vezes é isso que acontece: as oportunidades passam na nossa frente e a falta de maturidade ou conhecimento não nos permite enxergar.

Por isso, quando alguém me pergunta:

- Erico, mas eu não tenho um produto ou serviço para vender. Será que eu devo fazer a Fórmula de Lançamento?

Minha resposta é sempre um categórico: sim.

Por quê?
Porque a Fórmula de Lançamento é o equivalente a sair da caverna.

É o equivalente para mim a dar um upgrade na sua mente para que você comece a poder observar as oportunidades que estão na sua frente, mas que você está cego para elas.

Porque de dentro da caverna não dá para ver.

Você precisa sair dela para enxergar.

Foi o que aconteceu também com o Leandro, que eu chamo de Ladeirinha.

Mal sabia ele, quando ele entrou na FL, qual seria o produto que ele ia lançar.

Acredite ou não, ele ficou milionário com um produto de pompoarismo.

Mas isso eu te conto do lado de fora da caverna.

O que você tem que fazer agora é dar o primeiro passo em direção a sair da caverna e se inscrever na FL.

Sou um profissional liberal. O fórmula vai ajudar a lotar minha agenda de clientes?

Eu vou direto ao ponto.

Uma hora ou outra você vai ter que fazer uma decisão.

E a decisão é: você quer aprender a lotar a sua agenda ou quer aprender a fazer o seu primeiro 6 em 7?

Fazer um 6 em 7 é como eu chamo fazer R$ 100 mil (6 dígitos) de receita em 7 dias.

Quando eu faço essa pergunta para a maioria das pessoas, elas tendem a responder: “Eu quero as duas coisas”.

Mas segundo toda a experiência que eu tenho, em 98% dos casos isso não é factível.

Vamos imaginar o seguinte.

Cobrando o que você cobra hoje por cada consulta ou hora de trabalho, se você tivesse uma agenda lotada, teria o faturamento de R$ 100 mil redondo em 7 dias consecutivos?

Pense bem: considerando que uma semana normal tem 40h produtivas, isso significa que a sua hora teria que valer, em média, R$ 2500.

Isso também tem que considerar que você ou nenhum dos seus clientes vai atrasar, que você nunca vai tirar férias, nunca terá que cancelar uma consulta por problemas ou compromissos familiares.

E que você vai conseguir sustentar tal carga horária como uma máquina ao longo de anos e anos.

Entre eu e você, na minha opinião isso não é factível.

E mesmo que você consiga, não é recomendável para a sua saúde.

Se você me segue no stories do Instagram, deve saber que eu advoco que nenhum sucesso no empreendedorismo justifica um fracasso na saúde.

Logo, lotar a agenda não é uma solução razoável para atingir um 6 em 7 (pelo menos em 98% dos casos).

E o Fórmula de Lançamento é um curso que mostra o passo a passo para você atingir um 6 em 7.

Se eu prometesse que ele fosse lotar sua agenda, eu não estaria sendo íntegro com a minha promessa original.

Por isso eu falo. Mais cedo ou mais tarde, você vai ter que tomar uma decisão.

A decisão é: você quer aprender a lotar a sua agenda ou aprender a fazer um 6 em 7?

Se a resposta for a primeira opção, o Fórmula não é para você.

Mas se você quiser considerar a possibilidade da segunda opção, o Fórmula é ideal, na minha opinião.

Você deve estar se perguntando:

Se o Fórmula não é um curso focado em lotar a agenda por meio do marketing digital, por que tanta gente relata que lotou a agenda depois de aplicar os métodos do Fórmula?

Porque para fazer um 6 em 7 com os princípios da Fórmula, ela te ensina a fazer três coisas muito bem:

1- Construir uma audiência digital considerável e focada em clientes potenciais
2- Construir posicionamento de excelência para essa audiência
3- Lançamento de um produto de conhecimento
* eu vou falar sobre isso mais tarde, fica aqui comigo!

O objetivo dessas três coisas é gerar um 6 em 7.

Mas independentemente desse resultado, 6 em 7 ou não, o que acontece quando a sua audiência e o seu posicionamento crescem (passo 1 e 2 acima) as pessoas naturalmente procuram pelo seu serviço.

Mandam e-mails, directs, mensagem no Face pedindo pelo seu serviço.

Isso foi exatamente o que aconteceu com a Luciana Fiaux, uma coach apaixonada por finanças que ajudava pessoas a saírem do buraco das dívidas através de sessões de coaching.

Uma vez que ela fez o 6 em 7 na sua área, ela relata que todo santo recebe mensagens de pessoas querendo um horário na agenda dela. Estar cara a cara com ela, aprender mais pessoalmente.

Esse relato eu tenho em vídeo, se você precisar assistir, é só pedir para o nosso suporte que ele te manda




E quer saber o mais curioso?

Fato curioso 1

Quando você não tem pessoas suficientes pagando pelo seu serviço, o seu desejo é lotar a sua agenda.

Isso é normal.

Mas uma vez que você faz um 6 em 7 e ainda de quebra cria uma fila de espera de pessoas te procurando para consultar com você, uma coisa estranha acontece.

A maioria das pessoas nessa situação passa a dizer não às propostas dos seus clientes.

Por que?

Eu acredito que esse fato curioso acontece por 2 razões:

1- Financeiramente você não precisa mais tanto. Afinal, para a maioria das pessoas um 6 em 7 é suficiente
2- Ao implementar o Fórmula e fazer o seu 6 em 7, a maioria das pessoas descobre que pode ter um impacto muito maior na sociedade, ajudando muito mais pessoas, do que um trabalho de formiguinha um a um.

Logo, mais cedo ou mais tarde você terá que fazer uma decisão.

Quer aprender a fazer um 6 em 7 e de quebra ter um impacto maior na sociedade?

Ou você quer aprender a lotar sua agenda?

O Fórmula de Lançamento é focado no grupo que quer aprender a fazer um 6 em 7 e ter um impacto maior na sociedade.

Lotar a sua agenda é só uma possível consequência, que você provavelmente vai ficar tentado a descartar assim como eu expliquei acima.

A pergunta que você pode estar fazendo é: mas como eu vou gerar receita sem vender o meu serviço?

Eu descobri como fazer isso meio que acidentalmente.

Eu vou explicar como funcionava a minha empresa rapidinho.

A primeira vez que eu apliquei essa ideia foi em 2010.

Nessa época, eu descobri que muitos imóveis iam a leilão no Brasil por cerca de 40% do seu valor real (eu sei que você pode não dar a mínima para leilões de imóveis. Mas eu prometo que você não precisa entender nada sobre isso. Eu só estou mencionando esse fato porque faz parte da minha história, e eu preciso contar ela aqui. Fica comigo que vai fazer sentido).

O problema é: os leiloeiros que anunciavam esses leilões de imóveis, anunciavam em jornais de circulação de sua preferência.

Para investidores como eu e meu irmão que estavam interessados em comprar esses imóveis em leilão, tínhamos que ler dezenas, quiçá centenas de jornais. Tudo para se inteirar de onde possivelmente ocorreriam os leilões de imóveis mais lucrativos pra gente.

Desse problema nasceu minha primeira empresa.

Essa empresa fazia o que? A gente pegava todas as informações sobre leilões dos jornais, colocava todas elas em um website e vendíamos uma assinatura para acessar essas informações de uma forma centralizada.

Esse era o ganha-pão da minha empresa.

O fato é o seguinte.

Eu queria aumentar as minhas vendas. E para isso eu tive uma engenhosa ideia.

Mas para você entender essa ideia, você precisa entender um conceito importante

Os 3 tipos de cliente

Todo tipo de mercado. Tanto o meu, quanto o seu. Seja um mercado de leilões de imóveis, de produtos físicos, de produto online, serviços, B2B, B2C.

Não importa. Todos os mercados têm 3 tipos de clientes.

O Cliente Super Consciente, o Cliente Levemente Consciente e o Cliente Não Consciente.

Entender esses tipos e qual deles você quer buscar vai fazer que você use a estratégia mais certa para o tipo de cliente que você quer atingir.

Um bom jeito de pensar como esses clientes estão divididos é imaginar como se fossem partes de um iceberg.



Cliente Super Consciente (CSC)

Esse tipo tem duas grandes vantagens:
   • Ele sabe que precisa do seu produto
   • Ele está procurando pelo seu produto

Então tudo que você precisa fazer é apresentar a sua oferta na frente dele.

No meu caso dos leilões, era alguém que já tinha o costume de investir em leilões de imóveis e precisava procurar uma maneira mais fácil de fazer isso.

Poderia ser uma pessoa que já queria se matricular em uma academia de musculação e entrou na primeira que viu pela frente.

Ou uma pessoa que está com dor de dente, precisa de um dentista e está só à procura de um profissional desse tipo.

Ou uma pessoa que já precisa de um advogado, tinha um problema específico que precisa de um advogado e está à procura de um.

Enfim, acho que aqui você já pegou o espírito da coisa.

Mas o CSC também apresenta desvantagens.

A primeira desvantagem é que existem muito menos clientes desse tipo em relação aos outros. Por isso que eu coloquei ele na ponta do iceberg.

A segunda desvantagem é que esses clientes são os únicos que estão na parte de cima da água nesse iceberg. É o tipo de cliente mais visível no mercado inteiro.

E se esse cliente é o mais visível e ainda por cima tem poucos exemplares dele no mercado, a concorrência por esse tipo de cliente é muito alta.

É aqui que vai ter o maior número de concorrentes se estapeando por um cliente com você.

E isso vai doer no seu bolso. Como a concorrência é muito alta, você tende a brigar mais por preços e diminuir a margem de lucro do seu negócio.

Se o seu mercado não tem concorrência (ou tem uma concorrência muito baixa), começar por esse tipo de cliente é o melhor que você pode fazer.

Mas a maioria dos mercados que eu conheço não são assim.

Aí você vai perceber que para aumentar suas vendas, precisa dar um passo além. Mergulhar ainda mais fundo em direção ao segundo tipo de cliente.

Cliente Levemente Consciente (CLC)

Esse cliente sabe que precisa do seu produto, mas está enrolando para comprar. No momento ele não está procurando por você.

No meu caso dos leilões, seria uma pessoa que até sabe que existe leilões de imóveis. Ela sabe que imóveis são bens seguros e que os leilões são protegidos por lei, com riscos baixos.

Mas essa pessoa ficou enrolando e ainda não investiu energia e tempo suficiente para tirar esse plano do papel. Porque exige esforço, tempo e dedicação.

Um outro exemplo é a pessoa que sabe que precisa fazer uma visita ao dentista, que precisa fazer um check-up a cada 6 meses.

Ou a pessoa que sabe que precisa fazer uma revisão no carro, mas sempre tem uma coisa mais importante para fazer.

Segundo a minha experiência, a cada cliente do tipo 1, aquele que já está muito consciente do seu produto ou serviço, existem outros 20 que ainda estão procrastinando.

Quer uma prova?

Qual foi a última vez que você entregou a sua declaração de imposto de renda três meses antes do prazo?

Para cada um que entrega bem antes do prazo, existem pelo menos 20 que entregam de última hora.

Só para você ter uma ideia, em 2017 mais de 12 milhões de pessoas não tinham enviado a declaração para a Receita Federal quando restavam poucos dias para o prazo se encerrar.

Inclusive eu sou sempre um deles, devo admitir.

Isso faz que essa parte do iceberg seja vinte vezes maior que a primeira.

Vantagens do CLC:
   • Existem em maior número
   • Existe menos concorrência disputando por ele
   • Sem precisar brigar tanto no preço, você pode deixar uma margem de lucro maior para investir no seu negócio,

A desvantagem é que para chegar nesse tipo de cliente, você precisa de mais energia e mais conhecimento.

A técnica para chegar no Cliente Levemente Consciente é muito diferente. Ele tem motivações e objeções diferentes do resto.

Mas se você quiser mesmo impactar um número muito grande de pessoas, precisa dar mais um passo. Mergulhar ainda mais fundo nesse iceberg para conhecer o terceiro tipo de cliente.

Cliente Não Consciente (CNC)

Esse é o tipo de cliente que tem a capacidade de modificar a história da sua empresa.

De provocar crescimentos fora do comum.

Deixa eu te explicar.

Aqui é a camada mais profunda do iceberg. É a pessoa que precisa do seu produto, mas não faz ideia que precisa.

Ou até pior: ela nem sabe que o seu produto existe, e nem está procurando por ele.

Vou pegar o exemplo dos leilões de novo.

Aqui é uma pessoa que nunca ouviu falar de leilões de imóveis. Ela nunca se tocou que isso existe, e claro, não foi atrás de informações a respeito. Não sabe que os leilões são uma máquina de ganhar dinheiro com risco reduzido.

Quer outro exemplo?

No caso da academia, é a pessoa que precisa perder peso e cuidar melhor da saúde. Mas ainda não sabe disso.

Pela minha experiência, para cada pessoa da pontinha do iceberg de clientes Super Conscientes, existem por volta de 50 pessoas que se enquadram aqui nesse caso.

Vantagens do CNC:
- Estão em maior quantidade (50 para 1 em relação ao super conscientes)
- Existe ainda menos concorrência
- Você vai poder cobrar um preço justo pelo seu produto ou serviço, aumentando sua margem de lucro

Agora, o problema é que você vai precisar de ainda mais técnica e estratégia para chegar até essa galera toda aqui.

E eu vou te falar uma coisa.

Desde que eu descobri como fazer marketing do jeito que dá mais resultado, eu foco bem mais nas duas últimas partes do iceberg.

Dificilmente eu vou ficar disputando um Cliente Super Consciente, a não ser que a concorrência por lá seja baixa (o que é muito difícil para qualquer mercado hoje em dia).

No meu caso, eu levei um tempo para entender isso. Na verdade, eu fui descobrir quase que intuitivamente.

Foi aqui que nasceu aquela minha ideia mirabolante que fez eu aumentar minhas vendas a um ponto que eu nunca imaginei.

Deixa eu te contar essa história.

O produto mais rentável que eu conheço

Eu já te contei que eu vendia um produto que eu achava muito bom.

Era uma ferramenta para a pessoa acessar informações centralizadas que mostravam onde ocorreriam os leilões de imóveis mais lucrativos no Brasil.

Com essa informação a pessoa poderia lucrar muito dinheiro e comprar imóveis com valor até 40% abaixo do mercado.

Era um benefício enorme. E com um benefício grande como esse, a única coisa que eu pensava era:

“CARA.

NÃO É POSSÍVEL.

As pessoas estão cegas. Não é possível que as pessoas não estão vendo essa oportunidade. Esse negócio é muito bom e ninguém está nem se ligando que ele existe”.

Aí eu pensei comigo.

As pessoas na verdade não sabem que esse negócio existe. Elas não têm como saber.

Por que eu não faço um curso e ensino essa galera a ganhar dinheiro com leilão de imóveis?

Porque se eu faço isso, eu pego pessoas que estão não têm a mínima ideia do que seja isso e explico certinho o que é.

Intuitivamente, eu estava levando clientes do tipo Não Consciente (quero ganhar dinheiro mas não sei que é possível investir em leilões de imóveis) para o Super Consciente (leilões de imóveis é o “poder” e eu quero saber onde encontro).

Então eu criei um curso ensinando pessoas a investir em leilão, o que pode ou não fazer. Um conteúdo bem mastigado que explicava tim tim por tim tim o mercado de leilões.

Minha intenção era só para trazer pessoas para o nível mais consciente.

Mas sem perceber, eu descobri acidentalmente o negócio mais rentável do mundo na minha opinião.

Eu vou te contar sobre ele agora.

Olha só.

Imagina que o seu sonho fosse comprar uma casa num bairro nobre aí da sua cidade. Ou quem sabe ter uma casa na beira do mar, uma cobertura na praia.

Eu falo isso porque já tive esse sonho também.

Mas agora imagina que eu te ensino como você pode comprar esse imóvel por cerca de 40% do valor real.

Essa informação que você aprendeu passa a valer muito dinheiro para você. Porque você economiza duas coisas muito importantes: o seu dinheiro e o seu tempo.

O dinheiro que você está ganhando ao fazer um investimento em um imóvel abaixo do preço de mercado.

Economia do tempo que você gastaria procurando entre milhares de imóveis no Brasil inteiro até achar um com condições e preços tão bons

E meu amigo, quando você ensina alguém a economizar tempo e dinheiro, essa informação passa a valer muito para ela.

Mas eu vou dar um passo além.

Além do tempo e do dinheiro, essa informação começou a gerar uma coisa mais importante ainda na vida de um cliente. Uma consequência do tempo e do dinheiro:

Transformação.

A transformação de ter uma casa onde sempre sonhou, em deixar um apartamento para os filhos, em ter um investimento seguro e não se preocupar tanto com o futuro.

Com tudo isso, eu passei a entender que informação pode valer muito dinheiro.

Foi aí que eu percebi isso na prática. A assinatura do meu serviço de leilões custava, se não me engano, R$ 1297. Mas o curso era ainda mais caro: custava R$ 1997.

E adivinha qual vendia mais?

Pois é, era muito mais fácil de vender o curso (R$ 1997) do que a ferramenta (R$ 1297).

Porque tem muito mais gente menos consciente do que mais consciente. E as pessoas menos conscientes eram mais sensíveis a comprar o curso.

Tem muito mais gente no fundo do iceberg do que na pontinha.

Para alguém comprar um serviço para encontrar informações sobre leilões, a pessoa já tinha que estar hiperconsciente daquele mercado. E isso era apenas uma minoria das pessoas.

Juntando as peças desse quebra-cabeça, eu entendi que produzir informação é muito rentável. Porque as pessoas estão dispostas a pagar muito por ela e a sua margem de lucro é alta.

Como assim, margem de lucro alta?

A margem de lucro é alta porque é muito fácil de produzir informação. Com o seu celular você já consegue produzir e publicar o seu conteúdo na internet.

E o melhor, distribuir informação é escalável, porque é fácil de enviar para qualquer lugar e você não precisa de um estoque.

Quando você distribui informação na internet, não importa se você vende para uma pessoa ou para cinco mil de pessoas. O trabalho é quase o mesmo. É só clicar e enviar o login e senha para acessar o conteúdo.

Foi assim que eu descobri o negócio mais rentável do mundo. Ou melhor, não só rentável.

O negócio mais rentável, mais escalável e mais fácil de produzir.

Esse negócio é vender um produto de conhecimento.

Eu comecei a lucrar muito vendendo INFORMAÇÃO.

Olha que louco.

Eu comecei a lucrar como eu nunca imaginei quando eu empacotei o meu conhecimento.

Vender informação em vez de vender um serviço.

E a partir disso eu passei a ensinar isso dentro da Fórmula de Lançamento. Como você cria, empacota e vende (ou lança, como nós gostamos de chamar), um produto capaz de gerar 6 em 7.
Tem uma história real que é melhor para ilustrar isso do que qualquer coisa que eu possa te dizer.

A Marília é uma maquiadora que veio do Nordeste para Brasília em busca de emprego.

O problema é que ela não conhecia ninguém na capital. Para arranjar um cliente era uma luta. Aparecia uns clientes de vez em quando, mas nada que conseguisse para pagar as contas e ter segurança financeira.

Ela poderia fazer o que muitos no lugar dela fazem. Sair batendo de porta em porta, distribuindo cartões e currículos em salões de beleza.

Em vez disso, ela e o marido fizeram o Fórmula de Lançamento e entenderam o poder do produto de conhecimento para um negócio.

Foi aí que ela montou um curso de automaquiagem. 



Perceba a diferença.

A Marília não vendeu o serviço dela, ou o tanto que ela era uma boa maquiadora.

Marília vendeu a transformação.

Vendeu a facilidade de a pessoa acordar todos os dias e saber produzir sozinha uma maquiagem profissional em casa. E economizar dinheiro por nunca mais ter que contratar uma maquiadora.

Vendeu economia de tempo. A pessoa poderia aprender todo esse conhecimento de onde estivesse. Em qualquer lugar com acesso à internet.

E em 7 dias ela fez R$ 171 mil.

O impacto foi tão grande que ela começou a vender o curso online nos Estados Unidos, Japão e Finlândia.

E agora vem o fato curioso 1 que eu falei lá em cima.

Quando você faz um 6 em 7, a tendência é que forme uma fila de espera de pessoas te procurando para ter uma consulta com você.

E a maioria desses empreendedores dizem não às propostas dos clientes.

Com a autoridade que a Marília criou no negócio, existe uma fila de clientes querendo ser maquiados por ela.

E ela faz a maquiagem? Sim, de vez em quando ela até faz. Afinal, ela ama fazer maquiagem, é a grande paixão da vida dela.

A diferença é que a Marília só faz maquiagem agora quando está com vontade. Ela diz que não é mais refém de horários, da pressão de trabalhar muitas horas por dia.

Esse depoimento está em vídeo, se você quiser assistir, é só pedir para o nosso suporte que a gente te envia em vídeo.

Essa mesma história se repetiu com a Tati Gebrael, uma terapeuta ocupacional.

Em 2013 ela tinha acabado de ter o primeiro filho. Meses depois o marido foi demitido. Para sustentar a casa, passou a ligar para todos os clientes antigos, tentando lotar o consultório.




Foi quando ela conheceu o Fórmula. A Tati fez múltiplos de 7 dígitos e hoje também recusa clientes.

A mesma coisa aconteceu com a Fiaux, a coach que eu contei a história lá em cima. Depois do Fórmula de Lançamento ela fez 6 em 7 e também recusa clientes.

E o Diogo, que dava aula particular. Quando ele entrou na Fórmula de Lançamento, ele passava 14h por dia em sala de aula, e queria apenas melhorar um pouco a situação financeira.

Ele fez R$ 1,8 milhão em 2017, e hoje também recusa clientes. Isso aos 25 anos de idade.


Esse aqui é o Diogo em um evento que eu fiz em Brasília. Ele veio só para fazer um relato da experiência dele com o Fórmula de Lançamento e como chegou ao 6 em 7.

Eu poderia continuar aqui por muito tempo, mas acho que você já entendeu.

Então deixa eu resumir uma coisa.

Além de gerar uma alta receita, o produto de conhecimento têm o efeito colateral de aumentar a procura pelo seu serviço naturalmente.

Nessa exata hora você pode estar se perguntando:

Erico, agora eu sei que eu posso vender um produto de conhecimento e usar a Fórmula de Lançamento para fazer um 6 em 7.

Se esse for o seu caso, eu aconselho você a se inscrever o mais rápido possível.

Pode ser também que a sua dúvida seja uma outra muito comum.

“Mas Erico, eu não tenho a mínima ideia do que vender.”

Se esse for o seu caso, eu tenho uma resposta para você.

Eu já perdi as contas de quantas vezes me perguntaram isso.

E eu vou responder essa pergunta de forma definitiva.

Se quiser saber a resposta, é só clicar aqui.

Estou muito cru, começando do zero (não tenho experiência em Marketing Digital). O Fórmula é para mim?

Eu vou resolver sua dúvida. De forma definitiva.

Mas para você entender melhor o que eu vou te dizer, dá uma olhada nesse vídeo aqui:



A Gláucia foi aluna de uma das minhas primeiras turmas. Como ela disse no vídeo, o máximo que ela sabia fazer na internet era enviar um e-mail.

Ela afirma com todas as letras que “não sabia nada de internet”.

A Gláucia não sabia direito nem o que era Facebook, muito menos o que era fanpage.

Era uma pessoa que tinha tudo para ficar com medo de ter muitas ferramentas na mão, se enrolar toda e não conseguir aplicar nada.

Mas ela venceu o medo e colocou a cara na janela.

Eu lembro que na comunidade de alunos do Fórmula no Facebook, alguns alunos ridicularizavam a Gláucia.

Riam das perguntas dela, perguntavam em que mundo ela vivia.

Quando a Gláucia foi ao evento ao vivo do Fórmula, disse que ficou intimidada com tantos engravatados ao redor dela.

Mas a Gláucia sentou na frente do computador, andava com o tablet pela casa, e focou em estudar cada passo do Fórmula.

Quando a Gláucia se inscreveu no Fórmula, várias pessoas riram dela.

As risadas duraram até o primeiro lançamento dela, um curso de baixo (o instrumento) para pessoas de um nível mais avançado.

Foi quando ela faturou R$ 69 mil em 7 dias.

Ela conhecia todas as ferramentas para fazer o lançamento?

Não.

Isso a impediu de aplicar a Fórmula de Lançamento e conseguir bons resultados?

Definitivamente, não.

Mas como ela fez isso?

Ela perguntou. Muito.

Ela pediu ajuda pro suporte, que eu treino pessoalmente com objetivo de tirar as dúvidas dos alunos.

Ela trocou ideias com os colegas na comunidade do Facebook.

Mesmo diante da dúvida mais básica, ela buscou as soluções que estavam à disposição dela.

O que eu quero dizer com isso?

Que eu SEI que mesmo as pessoas com menos conhecimentos em ferramentas e marketing digital conseguem aplicar o Fórmula e ter bons resultados.

E como eu sei disso?

Eu vi isso acontecer. Com vários alunos, inúmeras vezes.

Eu não sei se você sabe disso, mas quando eu estava regravando a FL, no ano passado, essa era a minha missão: explicar a metodologia de forma que alguém com zero conhecimento conseguisse entender tudo. Detalhe por detalhe. E conseguisse aplicar.

Sabe o que eu fiz?

Chamei a Karina, que tinha acabado de começar a trabalhar na Ignição Digital, para acompanhar as gravações das aulas.

Ela nunca tinha assistido à FL.

Era parte do trabalho dela me parar e perguntar qualquer dúvida que ela tivesse.

O que ela não entendesse, era, possivelmente, a pergunta de outros alunos. E eu tinha obrigação de esclarecer.

Eu gravei e regravei as aulas várias vezes de forma que ficasse 100% claro para a Karina, que era totalmente crua no assunto, e para todos os alunos.

Talvez você saiba, talvez não. Mas hoje a Karina entende bastante da FL. Ela inclusive já ensinou várias pessoas que entraram na empresa depois disso.

O que eu quero dizer com isso?

Tudo que você precisa saber sobre lançamentos e todas as ferramentas necessárias está na Fórmula de Lançamento. Explicado em detalhes.

Independente de você ter conhecimentos prévios ou não.

Pode ser que você tenha dúvidas?

Pode.

Você vai ter que lidar com elas sozinho?

Não.

A comunidade do Facebook vai estar lá para te ajudar.
O meu suporte, treinado diretamente por mim e com o qual eu tenho contato diário, está lá para te ajudar.

A verdade é que eu acredito fortemente que você só não consegue aplicar a Fórmula de Lançamento se você não quiser.

Por que você abre e fecha as inscrições da Fórmula de Lançamento?

Ótima pergunta.

E a resposta é simples.

O Fórmula de Lançamento é mais que uma coleção de conteúdos. É mais que um conjunto de estratégias, é mais que uma coleção de técnicas eficazes para criar e alavancar negócios.

Para mim, o Fórmula é uma comunidade. Uma tribo de empreendedores com muita garra.

Parte da eficácia do Fórmula vem do fato de os integrantes interagirem em uma turma. Eles começam juntos, dividem alegrias, tristezas e saltos. Seguram as mãos uns dos outros e progridem juntos.

Isso tudo dentro de uma comunidade moderada e fechada no Facebook.

À medida que o programa acontece, alguns integrantes se *transformam ali na frente uns dos outros. E isso expande a ideia do que é possível para aqueles mais céticos. Muda a cabeça de pessoas que tendem a desistir antes de atingir o ápice do que é possível para eles.
(* transformam = obtêm saltos em performance)

E à medida que as pessoas progridem e o estudos de casos da turma aparecem, fica quase impossível para alguém ignorar que ele também pode ou merece ter os mesmos resultados. E isso gera uma reação em cadeia ali mesmo.

Logo, mais que uma coleção de conteúdos, o Fórmula de Lançamento funciona tão bem porque seu integrantes são parte de uma tribo.

É para conseguir esse efeito eu não posso deixar esse programa sempre aberto. Um efeito igual a esse só é atingido quando a turma começa junta e termina junta.

O Fórmula de Lançamento é online ou presencial?

O Fórmula de Lançamento é um programa 100% online que você pode ver e rever quantas vezes quiser, na sua própria velocidade, no horário que desejar, de qualquer lugar do mundo que tenha uma conexão de internet.

E por que o Fórmula é online e não presencial?

Essa foi uma decisão estratégica, pois acreditamos no poder do digital.
E o que a gente quer dizer com isso?

Que a gente acredita que você é capaz de ter muito mais resultado quando você consegue focar no seu objetivo.

Então imagina só….

...se você não precisasse pegar trânsito para ir a um curso....
...ou pagar passagem de avião….
...pagar hospedagem…

Imagina só....

...se você pudesse ver as aulas na hora que bem entender….
...no lugar que bem entender….

Imagina só…

...se você pudesse começar a ver o curso no dia e na hora que quisesse...
...no lugar que você quisesse...
...sem precisar sair de casa...

Imagina se você pudesse fazer um curso no qual o curso se adapta a você e não você ao curso.

É por isso que o FL é online.
Para você ter o controle de como, quando e onde você consome o conteúdo.

Mas…

Além disso, todo ano, uma vez por ano, acontece a Fórmula de Lançamento ao vivo, onde você pode encontrar com o Erico pessoalmente, em carne e osso!

Esse evento ao vivo talvez seja um dos eventos presenciais mais gerador de resultados transformadores que exista no Brasil hoje…

E, no ano passado, cada cadeira foi disputada a unhas e dentes (foto do evento). E não sobrou nenhuma cadeira livre pra contar história…

Para o evento deste ano, estamos preparando…

… conteúdo de altíssima qualidade…..
… possibilidades de parcerias e obtenção de sacadas a enésima potência...
… a presença de top players do mercado de Lançamentos do Brasil...

Esse evento é disponível apenas para alunos do Fórmula de Lançamento. O link para efetuar o pagamento da taxa simbólica de reserva do seu lugar é enviado automaticamente (enquanto ainda tiverem vagas disponíveis) por e-mail logo que o pagamento da sua inscrição no FL é confirmado.

Todo mundo que faz a Fórmula de Lançamento atinge o 6 em 7?

Por favor, entenda que os resultados que eu falo aqui, como gerar um 6 em 7, não são típicos.

Por que?

Eu acredito que uma pessoa comum que compre qualquer tipo de curso ou um programa de treinamento tende a ter pouco ou quase nada de resultados.

Isso não acontece só com cursos ou programas de treinamentos.

Deixa eu te dar um exemplo.

A maioria das pessoas que se matriculam em uma academia (cara ou barata), tendem a ter pouco resultado. Pois resultado implica muito mais do que ter uma técnica ou metodologia que funcione.

Implica em trabalho duro, histórico pessoal, experiência, foco, ética profissional, integridade, persistência (muita persistência).

Resumindo, os resultados que eu mencionei e ainda vou mencionar neste texto são típicos?
Absolutamente não.

São possíveis?

Absolutamente sim.

Essa foto é uma pequena amostra de alguns exemplos de pessoas que com muito suor, técnica, foco e persistência atingiram esse resultado.



Todas as pessoas que estão aí em cima do palco faturaram pelo menos R$ 100 mil em 7 dias ou em 30 dias consecutivos

Agora, eu gostaria de deixar claro que todo negócio envolve riscos, bem como um massivo e consistente esforço e ação. Se você não está disposto a aceitar isso, por favor, não faça a sua inscrição na Masterclass, na MasterClass Day ou mesmo na Fórmula de Lançamento.

Não tenho tenho tempo para implementar o Fórmula

Uma vez eu assisti no Youtube a uma entrevista do Roger Federer quando ele tinha 18 anos.

Talvez você saiba, talvez não, mas hoje o Federer é considerado por analistas esportivos, críticos de tênis e até por outros jogadores como o maior tenista de todos os tempos.

O cara é um fenômeno. Todos os recordes que você imaginar no tênis foram batidos por ele.

Fica aqui comigo que eu juro que essa história tem uma lição valiosa para qualquer empreendedor.

Como eu estava contando, o Federer é recordista de títulos de Grand Slam, com 20 conquistas. Grand Slam é o termo usado para definir os quatro torneios mais importantes do tênis (Wimbledon, Roland Garros, US Open e Australian Open).

Para você ter uma ideia, se um tenista ganhar um Grand Slam, ele já pode se aposentar feliz, é um feito enorme. Apenas 129 homens na história ganharam um Grand Slam.

O maior tenista brasileiro, Gustavo Kuerten, ganhou 3. Atrás do Federer, quem ganhou mais títulos foi o espanhol Rafael Nadal, com 16.

Imagina ganhar 20. É surreal.

Ganhando tantos títulos por tanto tempo, o Federer bateu o recorde de semanas no topo do ranking mundial. Desde 2004 ele já foi o melhor do mundo por 307 semanas.

Ele também já ganhou medalha de ouro olímpica, a Copa Davis (espécie de Copa do Mundo do Tênis) e outros 97 títulos como profissional.

Eu poderia ficar aqui por horas falando de todos os prêmios dele, mas acho que você já entendeu que ele é um atleta fora de série.

Erico, e onde você quer chegar com isso?

Eu explico agora.

Quando o Federer começava a despontar para o tênis, aos 18 anos, fizeram uma entrevista para apresentá-lo melhor ao fãs.

O mais legal é que hoje o Federer tem a imagem de um tenista sério, com aparência sóbria, quase um lord. Mas aos 18 anos ele tinha um cabelo descolorido de gosto duvidoso. Aquele cabelo que só quando nós somos jovens parece fazer sentido.



Era aquela entrevista que os jornalistas chamam de “ping-pong”. Uma pergunta bem básica e curta, com uma resposta igualmente rápida.

Foi aquele festival de perguntas sem noção. O repórter parecia ser meio inexperiente e perguntou a comida preferida, a mulher mais sexy, o melhor tenista…

Vendo o vídeo eu comecei a achar a entrevista muito entediante. Aí o repórter fez a pergunta que quase me fez fechar a janela do Youtube:

- Você treina muito?

Eu pensei na hora:

“Pô, é o Federer. Lógico que ele treina muito. Mesmo que ele tivesse só 18 anos. Que atleta vai falar que não treina muito? Ele vai dizer que se esforça todos os dias, que trabalha demais, aquelas coisas que todo atleta fala”.

Para a minha surpresa, o Federer responde:

- Não. Eu não treino muito.
Aí que vem a sacada que mudou tudo.

Ele completou:

- Eu não treino muito, mas quando me disponho a fazer algo, faço com muita intensidade.

Quem estava dizendo aquilo era um cara de 18 anos com um cabelo descolorido. Um cara que viria a se tornar o melhor tenista de todos os tempos.

O Federer não precisava ser o tenista que mais treinava para ter os melhores resultados.

Porque quando ele se dedicava a treinar tênis, ele fazia com mais intensidade do que qualquer outro.

Sabe o que você pode aprender com isso?

Eu recebo várias mensagens de pessoas que dizem não ter tempo para fazer o Fórmula de Lançamento.

Mas me responda uma coisa.

Você se considera uma pessoa que tem pelo menos cinco minutos por dia livres para investir em algo que é importante para você?

Sim, só cinco minutos por dia.

Se a resposta é sim, continue lendo. Se a resposta é não, pode parar por aqui, o Fórmula de Lançamento não é para você.

Mas por que eu estou te falando isso?

O Fórmula é um programa online que você consome no tempo que você tem disponível.

Algumas pessoas são mais afoitas e assistem ao método inteiro em uma semana.

Mas, na minha experiência, muitas pessoas não conseguem direcionar tanto tempo do seu dia a dia para assistir às aulas.

Nesse caso, tudo que você precisa é dedicar 5 minutos do seu dia, todo dia, para o FL.

Quando eu falo 5 minutos eu não falo de maneira figurada. Eu falo de forma literal.

Eu quero dizer 300 segundos.

Quando eu falo todo dia, também não falo de maneira figurada.

Quero dizer 7 dias por semana.

O que inclui você reservar 5 minutos do seu sábado e do seu domingo também.

Basta você logar, começar pelo primeiro vídeo, assistir 300 segundos, parar e continuar o seu dia. No dia seguinte, você retoma de onde você parou. Assiste a mais 300 segundos, e por aí vai.

No empreendedorismo, no tênis, ou em qualquer coisa que você faça na sua vida.

Mais importante que a velocidade que você está progredindo é a direção para onde você está progredindo.

Fazer um pouquinho todos os dias com muita concentração dá muito mais resultado do que não fazer nada pelos próximos meses.

E se você quiser encontrar mais do que 5 minutos livres para investir no FL, vou te dar algumas sugestões abaixo:

Considere acordar 5 minutos mais cedo. E se você é uma daquelas pessoas que não acorda cedo, considere dormir 5 minutos mais tarde.

Considere ficar 5 minutos a menos na frente da televisão.

Considere passar 5 minutos a menos na Netflix. Talvez assistir somente a um episódio daquela série que você está viciado.

Considere passar 5 minutos a menos nos grupos de WhatsApp, perfis do Instagram e Facebook que não te agregam em nada.

Considere escutar os vídeos do FL enquanto você se desloca da casa para o trabalho, do trabalho para a academia ou enquanto você espera por uma consulta ou compromisso.
Ou, até mesmo, enquanto você está na esteira da academia ou correndo no parque.

Procure você suas próprias alternativas.

Porque, sinceramente, quem quer dá um jeito e persiste, quem não quer dá uma desculpa e desiste.

Por que o Fórmula de Lançamento não oferece bolsa de estudo?

Erico Rocha responde essa pergunta pessoalmente no texto abaixo:

(por Erico Rocha)
“Eu vou te contar uma coisa que talvez você não saiba sobre mim...

Algo que eu acho IMPORTANTE que você saiba… e que ouça de mim, da minha própria boca.

Eu passei cerca de 10 anos da minha vida profissional trabalhando para bancos de investimento em Londres… e por mais atraente que fosse a remuneração, a verdade é que eu era não muito feliz… muito… a ponto de não desejar acordar de manhã… a ponto de ouvir meu despertador tocar, apertar o "snooze" e rezar para ele não tocar de novo…

Eu queria ser empreendedor … eu queria fazer a diferença… e não somente ficar precificando Títulos de Dívida Públicos Europeus (Govie Bonds) dia após dia para grandes bancos…

E o que me fez mudar ideia, desafiar o "status quo" e pedir demissão?

E resposta é:

----- A Inevitabilidade* da Minha Futura Morte -----

(* Inevitabilidade = o fato de ser inevitável)

Desculpe talvez ser tão direto… mas essa é mais pura verdade para mim e eu queria que você soubesse disso…

Um dia eu estava sentado no sofá vermelho do meu apartamento em Londres, navegando no Facebook, quando assisti o video de um discurso do Steve Jobs, fundador a Apple (Commencement Speech 2005, youtube)

Depois de ver esse vídeo a ficha caiu…

Nele o Steve Jobs falou sobre como sua visão do mundo mudou quando ele descobriu pela primeira vez que tinha câncer….

Suas palavras foram:

"Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo - expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar - caem diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração.

Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir seu coração"…

Mesmo sabendo que sou, até onde eu sei, completamente saudável, naquele dia eu fiquei presente que um dia todos iremos partir desse mundo… ninguém jamais conseguiu evitar isso por completo… ninguém....

Naquele dia eu falei com a minha esposa Juliana sobre meus sonhos e ela que apoiou o meu pedido de demissão…
(...até hoje agradeço a Deus por aquele apoio dela, pois sem ele não sei de teria conseguido... )

Dali para frente,

Criei minha primeira empresa…

… não obtive sucesso…

… conheci o Fórmula de Lançamento…

… cheguei ao meu primeiro 6 em 7 (mais de 100 mil reais de faturamento em sete dias)…

… continuei aplicando crescendo aquele negócio (que se baseava em aplicar a Fórmula no ramo imobiliário) e no segundo ano ele passou a faturar múltiplos 7 dígitos por ano…


Mas, logo eu me encontrei em uma segunda encruzilhada:


Com a minha primeira empresa indo bem e com o meu irmão Hugo tomando conta dela, eu tive a oportunidade de criar uma outra empresa…

E em termos de ganhos financeiros o melhor nicho para eu começar a atuar seria o nicho de educação sobre Trading de produtos financeiros…

Por que?

(1) até hoje esse nicho de mercado lá fora possui o recordes dos maiores lançamentos existentes… O faturamento de um lançamento de um curso de trading chega a ser 30 vezes maiores que o faturamento de um curso de marketing digital ou empreendedorismo… não 2 vezes… 30 vezes…

(2) Usando Lançamentos Perpétuos (e um estratégia de construção de lista do Fórmula chamada "bola de neve") eu e o Hugo tínhamos construído sozinhos um lista RESPONSIVA de emails (de confirmação dupla) de mais de 700 mil cadastros…

(2) um grande player do mercado Australiano tinha acabado de me convidar para ir para a Austrália aprender com o Top do Top do Top do mercado para lançar seu produtos no Brasil…

Tudo parecia muito perfeito…

… perfeito até que um dia eu estava na minha sala com o meu lap-top e fui assistir uma palestra on-line de um site que se chama TED…

Era uma palestra de um ex-general do exército norte americano, cujo o tema eu não me lembro mais…

O que eu me lembro e que esse ex-general falou que todos dias seu batalhão de soldados ("Rangers") tinham que acordar, olhar um no olho do outro… e fazer um voto em voz alta…

Eles prometiam um para outro:

"No man left behind!"
(nenhum homem será deixado para trás!)

Isso para alguns daqueles soldados era um voto mais forte que o voto feito em seu próprio casamento… a partir dali eles fariam o possível e o impossível para salvar a vida dos seus companheiros… mesmo que a sua própria vida estivesse em jogo…

Naquele exato momento eu finalmente encontrei o meu "Grande Porquê"… a minha Missão de vida….

Veja,

Eu passei de um empregado frustrado para empreendedor…

… de empreendedor fracassado para um empreendedor de sucesso…

E a verdade é que eu amo empreendedorismo… e, mais do que isso, acredito que o empreendedorismo, juntamente com a integridade, são a soluções para muitos problemas econômicos e sociais que vivemos hoje…

… e naquele dia eu decidi declarar para mim mesmo o meu voto:

"Nenhum empreendedor será deixado para trás"

Naquele dia eu decidi que eu iria passar o resto da minha vida me dedicando a alavancar o empreendedorismo, começando pelo Brasil…

E o Fórmula de Lançamento se tornou a pedra fundamental (ou veículo) dessa minha missão de vida… pois nada do que eu jamais conheci nessa minha jornada pelo mundo gera tanta transformação quanto o Fórmula…


Agora uma pergunta que muita gente me faz quando eu conto a missão nesse mundo é:

"Erico, se o Fórmula é a resposta para a sua missão e se a sua missão e não deixar nenhum empreendedor para trás por que você não libera esse conteúdo de graça no mundo ou oferece bolsas? E por o investimento para se tornar um aluno do Fórmula é de 5 a 7 mil reais?"

Ótima pergunta… :-)

E e resposta é simples …

O Fórmula de Lançamento é mais que uma coleção de conteúdos… é mais que uma coleção de estratégias…. é mais que uma coleção de técnicas eficazes para criação e alavancagem de negócios… para mim o Fórmula é uma Comunidade…. uma Tribo de empreendedores de garra…

Parte da eficácia desse programa vem do fato dos integrantes interagirem… como se fosse uma turma… eles começam juntos.. dividem alegrias tristezas e saltos… seguram as mãos uns dos outros e progridem juntos isso tudo dentro de uma comunidade moderada e fechada no Facebook…

A medida que o programa acontece, alguns integrantes se *transformam ali na frente uns dos outros… e isso expande o que é possível para aqueles mais céticos que tendem a desistir antes de atingir o ápice do que é possível para eles …
(* transformam = obtêm saltos em performance)

A medida que as pessoas progridem e o estudos de casos da turma aparecem, fica quase impossível para alguém ignorar que ele também pode ou merece… e isso gera uma reação em cadeia ali mesmo…

Logo, mais que uma coleção de conteúdos o Fórmula de Lançamento funciona tão bem porque seu integrantes são parte de uma tribo… é para conseguir esse efeito eu não posso deixar esse programa sempre aberto… esse efeito só é atingido quando a turma começa junto e termina junto…


"E por que existe um investimento para fazer parte dessa turma?"


Porque a minha missão é grande mas eu sei para correr essa maratona eu preciso dar um passo de cada vez… e no meu mundo isso significa transformar uma turma de cada vez…

E eu utilizo a taxa de inscrição para separar aqueles que realmente estão comprometidos em embarcar nessa transformação, daqueles que estão só checando para ver no que dá…

Esse eu sei que não é um método perfeito… pois eu sei que tem gente que realmente quer participar e não vai por que não pode ou não tem esse montante para investir no momento…

E para essas pessoas eu sugiro que não fiquem chateadas… ou para baixo… muito do sucesso que eu vejo do empreendedores vem da persistência e capacidade e de conseguir arrecadar recursos para atingirem os seus sonhos…


E se esse for o seu caso… considere esse com o seu desafio no momento… a primeira barreira que você precisa quebrar… Essa barreira você precisa vencer por si mesmo para se qualificar para participar do Fórmula. Pode não parecer fácil vencer essa… mas empreendedorismo não é fácil de qualquer jeito… é simples mas não é fácil definitivamente…


Eu acredito que você vai crescer muito somente nesse processo… e e por isso que não abro exceções e não faço descontos para alunos ingressarem no Fórmula de Lançamentos… Pois por mais que me doa o coração, o fato dar um desconto seria roubar desse futuro empreendedor vencedor essa capacidade de gerar essa pequena vitória para si próprio… e eu não acredito ter o direito de tirar a possibilidade de conseguir essa vitória para si próprio…


E por fim se você estiver interessado em participar de jornada comigo as inscrições para última turma do Fórmula de Lançamentos ainda estão abertas…


Como você vai descobrir no meu email de amanhã o fechamento dessa turma está mais iminente que você possa imaginar…

Seja ousado, faça acontecer,
Erico”

Além do Fórmula de Lançamento, o que é necessário investir para se fazer um lançamento digital de um produto ou criar um negócio online do zero?

Para ter um negócio online e poder estabelecer uma comunicação eficiente com prospectos e clientes são necessárias duas coisas:

É necessário ter um website com páginas especificas, como esse que você está vendo agora. O participante pode encomendar o desenvolvimento dessas páginas a qualquer profissional da área ou simplesmente contratar ferramentas que permitam a ele mesmo construir essa página com alguns cliques de mouse. O preço dessa ferramenta e hospedagem na nuvem tende a variar. Nós recomendamos as ferramentas que usamos, Klickpages.

O participante necessitará de uma ferramenta para enviar emails aos prospectos que cadastrarem seu interesse em receber informações sobre produtos e serviços. Existem várias alternativas no mercado para isso. Dentro do curso nós recomendamos o Klicksend.

Eu não tenho dinheiro para investir na Fórmula de Lançamento.

Eu acredito que a Fórmula de Lançamento (FL) não é um custo. E sim um investimento.

Mais do que isso, é um investimento garantido. E se você quiser saber exatamente o que eu quero dizer com isso, dá uma olhada nesse texto aqui. Nele eu explico detalhadamente a garantia que eu ofereço para a FL.

Que tipo de garantia o Fórmula de Lançamento oferece para quem consegue uma vaga no programa?


Contudo, pode ser que você não tenha dinheiro neste exato momento.

Se para fazer a FL você terá que deixar de pagar aluguel, a educação dos seus filhos ou seu plano de saúde, agora não é hora de você investir na FL.

E tá tudo bem. Você precisa definir suas prioridades.

Dito isso, eu vou sugerir um exercício que muitos dos meus alunos fazem para conseguir, de forma íntegra, o investimento necessário para participar do FL.

Então vamos lá:

Passo 1: Pegue duas folhas de caderno em branco
Passo 2: Enumere cada linha, começando pelo número 1 e terminando no número 50.



Passo 3: Agora procure escrever em cada tópico uma forma diferente que você pode usar para conseguir, de maneira íntegra, o dinheiro para investir no FL.

Aqui você vai precisar exercitar sua criatividade e imaginação.

Em cada um dos 50 itens, você vai pensar em uma possibilidade que saia do óbvio e vai rever suas prioridades.

Algumas alternativas poderão resolver completamente sua situação e outras não. Pode ser que encontre uma combinação de opções que te possibilite conseguir o investimento necessário.

Mas a minha experiência diz que normalmente a solução real só vem quando você passa do número 45.

E por que isso?

Porque você começa a sair do óbvio, e as primeiras opções costumam ser as mais óbvias.

Quer um exemplo?

A Cris Franklin, que faz parte de um dos meus grupos de alta performance, me contou uma história que ilustra bem essa situação: Quando ela precisou economizar, trocou o filé mignon por acém na lista do supermercado.

Estou te contando isso para você ver que, se usar a imaginação, pode encontrar formas de economia em pequenos detalhes do seu dia a dia.

Então o que você tem que fazer é listar o máximo que você conseguir e não parar de olhar para o papel e procurar outras opções.

É isso que a maioria das pessoas faz. E à medida que elas dão essa missão para o cérebro, é que as verdadeiras oportunidades começam a aparecer.

Então não pare até chegar no número 45.

No final das contas, eu acredito que quem tem abundância de criatividade e força de vontade para escrever essa lista acaba encontrando dinheiro.

Afinal, quem quer dá um jeito e persiste, quem não quer dá uma desculpa e desiste.

Como posso contactar alguém da empresa para tirar dúvidas sobre o Programa?

Dúvidas podem ser tiradas através desse formulário ou pelo e-mail suporte@formuladelancamento.com.br.

Essa metodologia foi criada no Brasil pelo Erico Rocha?

A Formula de Lançamento é um programa derivado do Product Launch Fórmula do Jeff Walker.
Para mais detalhes dessa parceria acesse Big in Brazil.

Quando será aberta a próxima turma?

Não temos previsão de quando será a próxima turma da Fórmula de Lançamento.

É melhor aprender a FL ou contratar uma agência pra fazer um serviço pra mim? Você pode me indicar alguém para implementar a FL (você pode me indicar alguém para implementar a Fl pra mim).

Existe um pré-requisito muito importante para quem quer fazer um 6 em 7 com a Fórmula de Lançamento.

Você precisa escolher ser responsável pelo marketing da sua empresa.

Essa é a escolha que vai ser determinante para o sucesso do seu negócio daqui para frente.

Essa é também uma escolha que ninguém pode fazer por você.

Sabe por que?

Porque, no fundo, ninguém quer ser responsável pelo próprio marketing

Como assim, Erico?

Pensa em qualquer profissão.

A maioria dos dentistas, médicos, donos de restaurantes e professores de educação física não saem da faculdade preparados para tocar o próprio marketing.

Na verdade, poucos saem da faculdade sequer cogitando que serão responsáveis por administrar o próprio marketing.

Em geral, o que todos esses profissionais pensam quando entram no mercado de trabalho é o seguinte:

“Vou passar anos estudando a minha área de conhecimento para encontrar a melhor forma de prestar um serviço diferenciado”.

E qual o foco dessa pessoa?

Oferecer um serviço tão bom, mas tão bom, que os clientes vão bater na porta dele naturalmente.

Porque afinal, um serviço tão bom como esse não tem como ficar sem clientes batendo na porta.

Mais do que isso, esse dentista, esse advogado, esse terapeuta, ainda torcem para os clientes atuais indicarem o serviço para outros clientes.

É o que eu costumo chamar de Marketing de Esperança.

Eles ficam na esperança de alguém recomendar o serviço.

Rezam para aparecerem clientes na sua porta.

Mas depois de muito tempo eles percebem que essa estratégia não funciona tão bem assim.

E aí o problema está criado:

Eles precisam do Marketing.

Mas eles não aprenderam a fazer Marketing.

Aí o que eles decidem?

“Vou contratar uma agência.”

E olha, não tem nada de errado com agência.

Mas a grande e esmagadora maioria das agências não sabem o que eu vou explicar no Fórmula de Lançamento.

Ou até sabem, mas não conseguem executar tão bem.

Imagina que a esmagadora maioria das agências é como se fosse o McDonald’s na hora de fazer um hambúrguer.

McDonald’s é o melhor hambúrguer do mundo?

Não.

Alguém chega no McDonald's todos os dias pensando em como fazer o melhor hambúrguer do mundo?

Provável que não.

É mais provável que quem trabalha para o McDonald’s entre lá todos os dias pensando em como distribuir mais desse mesmo exato sanduíche para ganhar mais dinheiro.

E não tem nada de errado com isso.

Mas quando você contrata uma agência, ela vai te dar um McDonald's.

Ela vai tender a entregar as mesmas estratégias, exatamente as mesmas publicações no Instagram e no Facebook.

Exatamente as mesmas frases de efeito.

É um negócio errado?

Não.

Tem mercado pra isso?

Sim.

Chega a um 6 em 7?

Na minha opinião, provavelmente não.

A maioria das agências que eu conheço sequer cobra por resultados. Eles cobram por serviço.

O que pode passar a ideia de que, talvez, elas não estejam tão focadas em resultados assim.

Eu vou te contar uma história que acredito que vai te ajudar a entender melhor por que você precisa escolher ser o responsável pelo Marketing da sua empresa:

À medida que minha audiência vai crescendo, eu tenho a chance de fazer algumas coisas diferentes. E, pra mim, o mais interessante, é ter a oportunidade de conversar com pessoas fantásticas.

Hoje em dia, eu ligo pra essas pessoas e marco um café com elas.

E uma vez eu conheci um cara, um empreendedor de muito sucesso, com quem eu realmente queria tomar um café. Sabe aquele cara que você admira a genialidade, a família, tudo?

Daí mandei um e-mail pra ele e, porque eu tinha sorte de ele me conhecer, ele me chamou pra um almoço.

Ele tinha acabado de vender uma das empresas dele. E, naquele almoço, ele estava frustrado.

Sabe o que ele me disse?

“Erico, eu criei uma empresa do zero. Construí todo o negócio. E quando chegou a hora de vender a empresa, quem comprou tá acabando com ela.”

Eu até tentei fazer um social e falei que imaginava que era tipo quando eu deixava meu filho com os meus sogros: eu fazia o possível para evitar que ele comesse doce, mas quando ele ia para a casa dos avós, voltava lambuzado de chocolate.

E eis que ele me responde:

“Não, Erico, você não tá entendendo. Do jeito que a minha empresa tá agora, é como se eu tivesse deixado meus filhos com prostitutas e traficantes de crack.”

Aí eu vi que o problema era sério.

Ele estava visivelmente chateado.

E sabe o que ele me disse que foi a primeira coisa que os caras que compraram a empresa fizeram?

Eles acabaram com o departamento de Marketing.

Na cabeça deles, o foco da empresa não era Marketing. Então eles tinham que acabar com o departamento de Marketing e concentrar no que realmente era o foco da empresa.

E, pra isso, eles transformaram o Marketing em um serviço terceirizado.

E a performance da empresa começou a ir para o saco.

Mais tarde, por ironia do destino, ele acabou comprando de novo essa empresa, por um preço menor do que vendeu.

E qual foi uma das primeiras coisas que ele fez?

Trouxe o departamento de Marketing para dentro do negócio novamente.

Por que eu estou te contando essa história?

Porque o Marketing é a alma da sua empresa.

Sem um excelente Marketing, você não vende, não tem nem por que você ter um negócio.

E você vai, sinceramente, deixar a ALMA da sua empresa nas mãos de outra pessoa?

Se você não escolher ser o responsável pelo Marketing da sua empresa, as suas chances de fazer um 6 em 7 são mínimas.

Mas, claro, existe uma outra possibilidade:

Você pode encontrar alguém muito qualificado para cuidar dos seus lançamentos e do seu Marketing.

Alguém tipo o Ladeirinha.

Ladeirinha é como eu chamo o Leandro Ladeira, um aluno do Fórmula que lança a Cátia Damasceno, uma especialista em pompoarismo.

O Ladeirinha estudou muito o Fórmula de Lançamento, entendeu cada passo e ficou muito bom em fazer lançamentos.

Mas você acha que o Ladeirinha trabalha para a Cátia por uma quantia fixa por mês?

Não.

Caras como o Ladeirinha não se conformam em serem prestadores de serviços.

Eles querem ser sócios. O Ladeirinha não presta um serviço para a Cátia. Ele é sócio dela.

Chances são que, se você achar alguém tão bom quanto o Ladeirinha, ele não vai aceitar menos que 50% na sociedade.

Mas agora você pode estar pensando:

"Ah, Erico, mas eu não tenho qualificação. Eu não sei nada de marketing"

Deixa eu te contar uma coisa.

O recordista brasileiro de lançamentos é formado Letras.

Não Marketing, Letras.

Nada de errado com Letras, mas ele também não tinha qualificação em Marketing e conseguiu fazer o maior lançamento do Brasil.

E você sabe em que a mulher recordista em lançamentos é formada?

Terapia ocupacional.

E é ela quem faz todo o lançamento.

Se depois disso tudo você ainda acha que não vai conseguir cuidar do seu próprio marketing só porque ainda não tem uma qualificação formal na área, o problema pode ser você com suas crenças limitantes.

Inclusive a maioria dos alunos do Fórmula começa um negócio digital do zero sem entender nada de marketing.

Eu conto essa história no link abaixo.

Estou muito cru, começando do zero (não tenho experiência em Marketing Digital). O Fórmula é para mim?

Agora, a pergunta é: você escolhe ser responsável pelo seu Marketing?

Se sua resposta é “não” ou “não sei”, está tudo bem.

Mas, nesse caso, você está no lugar errado. Não perca tempo aqui, o Fórmula de Lançamento não é para você.

Porque nada do que eu vou falar vai fazer sentido para você se você não quer ser responsável pela principal força-motriz que gera receita e faturamento no seu negócio: marketing.

O que a sua empresa faz. Você tem uma empresa do quê?
Gostaria de te contratar para prestar uma consultoria ao meu negócio particular.

Você já deve ter ouvido essa frase: dê ao homem um peixe e ele comerá por um dia, ensine-o a pescar e ele terá o que comer a vida inteira.

Em um determinado momento da minha vida, eu tive que tomar uma decisão: eu entregaria o peixe ou ensinaria as pessoas a pescar.

E eu decidi que queria ensinar os homens a pescarem.

Logo, a minha empresa, Ignição Digital, é uma empresa educativa (que ensina a pescar) e não uma prestadora de serviços (que serve o peixe pronto, assado e temperado em uma bandeja de prata).

A missão da Ignição é fomentar o empreendedorismo no Brasil, ensinando técnicas e métodos de Marketing Digital que demonstraram os resultados mais positivos, dentre todas as técnicas que eu já estudei e apliquei.

Inclusive, se você quiser saber um pouco mais sobre como eu cheguei nesse método, dá uma olhada neste texto aqui:

[O que é a Fórmula de Lançamento?]

E é por isso que nós não prestamos serviços para empresas pequenas ou grandes.
Nós não damos o peixe.

Pronto.

Acreditamos que teremos maior impacto no Brasil ao ensinar pequenos e médios empreendedores a pescarem por si mesmos.
E nós fazemos isso através dos nossos cursos, como a Fórmula de Lançamento, MasterClasses e Workshops.

Quando os empreendedores aprendem a implementar as técnicas e métodos de Marketing Digital, eles podem caminhar sozinhos e ampliar seu crescimento.

Mais do que isso, podem multiplicar os conhecimentos, criar empregos, pagar mais impostos e ajudar outros empreendedores a crescerem também.

Nós acreditamos que esse crescimento gera um bem social muito grande para o Brasil.

E por que eu escolhi trabalhar dessa forma?

Porque quando a maré sobe, todos os barcos sobem juntos.

O que eu quero dizer é: quanto mais empreendedores atingirem bons resultados, melhor vai ser para o Brasil, econômica e socialmente.

E é essa a missão da Ignição Digital: ensinar empreendedores a buscarem, com as próprias pernas e por meio de estratégias de Marketing Digital, resultados mais positivos para seu negócio.

A fórmula não vai ficar manjada com tanta gente aprendendo? Ela não vai parar de funcionar? (como você vê o marketing digital daqui 3 anos?)

O Fórmula de Lançamento é baseado em um sistema de disparadores psicológicos que vem dando certo provavelmente desde que o primeiro homo sapiens pisou na Terra.

Essas armas são os gatilhos mentais.

Acha que eu estou exagerando?

Deixa eu contar uma história para te mostrar que desde que o mundo é mundo, gatilhos mentais funcionam (e sempre vão funcionar).

Há pouco mais de 600 anos não existia geladeira. Conservar alimentos era uma tarefa quase impossível. Mas os europeus perceberam que alguns temperos, como a pimenta-do-reino, ajudavam a conservar a comida. Principalmente a carne.

Tinha pimenta-do-reino na Europa?

Não. O clima não favorecia, a agricultura ainda tinha técnicas muito precárias.

Então os europeus ficavam sem pimenta-do-reino?

Também não. O desejo por esse e outros temperos era tanto que eles enfiavam centenas de homens em uma caravela para atravessar o Oceano até a Índia para buscar mais temperos.

A gente está falando de uma viagem em que um a cada três navios naufragava. Que 40% da tripulação morria na viagem. Quem sobrevivia ainda tinha que aguentar o insuportável mau cheiro, até caçar ratos e baratas para sobreviver.

E mesmo assim, todo esse povo ficava um ano dentro de um navio para buscar essas especiarias.

Mas esses temperos eram tão escassos que valiam a pena todo o esforço.

Porque nosso inconsciente associa valor com escassez.

Logo, essa escassez valorizava o preço das especiarias.

Para se ter uma ideia, o valor da pimenta era tão alto que o navegador português Vasco da Gama obteve um lucro de 6.000% com o comércio de especiarias, em sua primeira viagem à Índia.

As pessoas matavam, morriam, passavam por condições insalubres. Para conseguir um recurso que estava muito escasso.

Sabe há quanto tempo escassez é usada na Terra para vender?

Há muito tempo.

E sabe quando vai parar de funcionar?

Provavelmente nunca. Só em uma condição específica que eu vou contar logo abaixo.

Mas quer outro exemplo? Gatilho mental da reciprocidade.

Quando você faz um favor para alguém, você causa na pessoa a sensação de ter que devolver aquele favor mais tarde.

A Idade Média só conseguiu funcionar durante 1000 anos (!) porque estava toda baseada em um esquema de gatilho de reciprocidade.

Eram os vassalos. Pessoas que ganhavam um benefício de um nobre superior e em troca faziam um juramento de absoluta fidelidade.

O rei tinha um nobre como vassalo. Esse nobre por sua vez tinha um outro nobre como seu vassalo. E assim por diante, formando uma rede de vassalidade em todo o reino.

Que no fim das contas, o rei tinha controle e poderia usar dessa reciprocidade com todo mundo.

Quer outro exemplo? Eu acho difícil que você não caia no gatilho mental da autoridade sempre que vai fazer uma compra.

É intuitivo. Quando vamos fazer uma compra, procuramos por uma pessoa que demonstra de fato que você sabe o que está fazendo e que sua solução é a mais adequada no mercado.

Eu poderia ficar aqui o dia inteiro falando de outros exemplos, mas acho que você já entendeu que os gatilhos mentais funcionam há mais tempo do que você possa imaginar.

E a Fórmula de Lançamento funciona porque está baseado em um conjunto de gatilhos mentais.

Mas não são gatilhos mentais jogados de forma aleatória.

Eles estão em uma sequência, pensada passo a passo para ativar no cliente uma loucura para querer comprar o seu produto ou serviço.

Por exemplo, a escassez tende a funciona quando a reciprocidade e a autoridade são ativadas antes.

Porque quando o cliente já conhece e deseja o seu produto, você cria uma autoridade junto a ele, além de criar certo senso de reciprocidade.

Você ativa primeiro a autoridade e reciprocidade, para só depois acessar a escassez.

Fora dessa ordem, você estará perdendo tempo.

E com a sequência certa dos cerca de 20 gatilhos mentais que eu ensino no FL, você multiplica a eficiência de cada um desses gatilhos.

Aí você pode estar pensando.

Mas Erico, se a pessoa já conhece sobre gatilhos mentais, não corre o risco de perder a efetividade? Afinal, do outro lado está alguém que já sabe o truque que você está usando.

Na verdade, a Fórmula de Lançamento funciona até melhor quando você usa com alguém que já conhece o método.

Digo isso porque eu sei a FL de cabo a rabo, poucas pessoas no Brasil sabem tão bem quanto eu. E ela funciona em mim.

Mas isso não é só comigo não.

O fato de você saber o que é escassez não tira o fato que ela vai funcionar.

Quer um exemplo?

Imagina que você encontrou a casa dos seus sonhos. No bairro perfeito, a casa que você sempre sonhou, toda mobiliada.

Só que tem mais dez pessoas interessadas nessa mesma casa.

Se você quiser muito comprar essa casa, você terá que pagar mais caro por ela.

Ou se a banda que você é fã desde os 15 anos vai fazer um show da turnê de despedida na sua cidade. Você nunca assistiu a um show deles, mas tem todos os CD’s, sabe todas as músicas, até aquelas canções que ninguém conhece.

Só que tem um porém. Resta apenas mais um ingresso para o show. E ele está saindo bem mais caro que o normal. Para comprar, você terá que desembolsar um valor bem mais alto que antes dos ingressos estarem se esgotando.

Ou se você precisa viajar de avião amanhã e só tem uma poltrona disponível. Quem nunca pagou mais caro por uma passagem no Natal ou Ano Novo que atire a primeira pedra.

E aí não importa se você sabe o que é escassez, ela funciona. Você vai pagar mais caro.

Você sabe e eu também.

O que faz os gatilhos mentais deixarem de funcionar é você perder a sua integridade.

Quando você presentear sua mulher com uma flor e ela sentir que foi um gesto de amor, o gatilho da reciprocidade vai funcionar.

Agora, se ela sentir o cheiro de que as flores são uma tentativa de manipulação, vai ter um efeito bem pior.

Se você mentir sobre a escassez do seu produto ou do seu serviço, principalmente depois da invenção das mídias sociais, terá um impacto na sua imagem que será difícil de recuperar junto ao público.

E aí, meu amigo, não há Fórmula de Lançamento que te salve.

Outra pergunta muito comum sobre a FL ficar manjada é:

Erico, esse método não vai ficar ultrapassado?

Eu entendo essa insegurança.

Afinal, os meios de comunicação mudam constantemente. A forma como a gente se comunicava há 10 anos é completamente diferente de hoje.

E eu tenho certeza que os meios de comunicação vão mudar muito ainda. Fomos da carta para o e-mail, do e-mail podemos saltar para outra coisa.

Mas os fundamentos não mudam. As pessoas sempre vão precisar de informação.

E os mecanismos de persuasão são os mesmos desde os homens das cavernas. Motivaram nações a navegarem atrás de especiarias, sustentaram sistemas políticos por mais de 1000 anos.

Os mecanismos de persuasão não mudam. Só o meio de entregar a mensagem.

O Fórmula não fica ultrapassado porque é baseado nos instintos que movem a humanidade desde que o mundo é mundo.

Inclusive neste momento, se você está me fazendo essa pergunta, é porque de alguma forma você está interessado no Fórmula.

É o que eu chamo no FL de indicativo de interesse.

No ramo da sedução, quando duas pessoas se encontram e uma pergunta “você tem namorado?”, é um clássico indicativo de interesse.

Porque se a pessoa não estivesse interessada, provavelmente não teria interesse em saber se a outra tem namorado.

Se você está aqui agora, de alguma forma ou de outra, a Fórmula de atraiu. E isso aconteceu mesmo eu te explicando tim tim por tim tim como eu estou fazendo isso com você.

Alguma coisa aí dentro de você está dizendo que a Fórmula pode ser boa para você.

O fato da pessoa conhecer o truque do mágico, nesse caso, é indiferente.

A Fórmula de Lançamento funciona porque é baseada em gatilhos mentais que estão pré programados no cérebro humano desde que ele começou a funcionar.

Como convenço meu pai, marido, esposa ou parceiro de negócios a investir no Fórmula comigo?

Existem várias razões possíveis para um parceiro de vida ou de negócios ficar reticente em relação a investir no Fórmula com você.

Quando eu falo parceiro de negócio ou de vida, pode ser seu chefe, sua esposa, seu marido, um sócio da sua empresa.

Um dos motivos mais comuns é a pessoa achar que o Fórmula é uma falcatrua, só mais uma solução milagrosa para arrancar dinheiro de pessoas ingênuas.

E francamente… se a pessoa não sabe do que se trata, é natural achar que o Fórmula não vale nada.

Se alguém que eu não conheço me falasse que é possível fazer um 6 em 7 sem me mostrar a jornada necessária, eu também duvidaria. Que isso é uma fórmula mágica com promessas sem sentido.

Ou a pessoa simplesmente não leva tão a sério.

Não é incomum ouvir histórias como essa que traduzem exatamente o que muitas das pessoas passam antes de se inscreverem no Fórmula de Lançamento.

Eu já ouvi várias histórias parecidas com essa.

A pessoa já consumia o conteúdo que eu postava no meu Facebook, no Instagram, estava na minha lista de e-mails.

Pesquisou sobre o meu nome, sobre o método do Fórmula, os resultados que poderia trazer.

Aí ele foi a uma MasterClass que eu dei e ficou super animado. Estava muito convencido de que era o momento certo para fazer o Fórmula e tentar chegar a um 6 em 7.

O cara saiu do evento ao vivo todo animado, não conseguia nem respirar direito de tão feliz.

Pegou o telefone na hora e ligou para a esposa. Eufórico, ele começou a fazer todo um discurso sobre o tanto que o Fórmula de Lançamento poderia trazer resultados incríveis.

Ele passou minutos inteiros falando dos benefícios, do método, de como ele conheceu Erico Rocha, dos estudos de caso.

Imagino que ele deve ter vendido o Fórmula melhor do que eu mesmo.

Depois do homem passar um tempo contando tudo sobre o Fórmula de Lançamento, ele silenciou para ouvir a resposta da esposa. E ela só disse:

- Nossa que legal, parabéns! Fico feliz. Será que você passar no supermercado e trazer pão e ovo? Ah, e não esquece de trazer presunto e queijo.

Era tipo um banho de água fria. Disfarçadamente a esposa disse um “para de inventar maluquice” e faz algo de útil.

Eu já ouvi histórias parecidas várias vezes.

Se esse for o caso com você, pode ser que o seu parceiro de negócio não tenha visto todo o material que você já viu.

A primeira coisa que eu faria é mostrar a minha MasterClass 6 em 7 para ele.

Chega junto da pessoa e fala: “Reserva uma hora do seu tempo. A gente vai assistir a um negócio aqui juntos”.

E assistam à MasterClass. Assistam o material de cabo a rabo com ele. É a primeira coisa que eu faria.

A MasterClass é uma introdução, como se fosse um aperitivo do Fórmula de Lançamento. É um material com os primeiros passos para fazer um 6 em 7.

Lá eu mostro como eu descobri o método, evidências de que o Fórmula de Lançamento funciona.

A pessoa vai ouvir os relatos reais de empreendedores que saíram do zero para faturar 6 dígitos de faturamento em 7 dias.

Eu explico exatamente o que é e para quem é a Fórmula de Lançamento

Provavelmente foram esses materiais que te convenceram a investir no FL. E esses conteúdos têm uma grande possibilidade de convencer seu parceiro também.

Quando a pessoa sabe do que o Fórmula se trata, fica mais fácil de convencê-la a entrar contigo nesse investimento.

Agora, pode ter outro motivo para o seu parceiro de negócios não querer investir no Fórmula.

A falta de confiança em você.

A descrença absoluta de que você terá o sangue no olho necessário para fazer um 6 em 7.

E não o culpe.

São altas as chances de que um dia você quebrou a confiança dessa pessoa.

E você nem precisa ter pisado na bola com um erro estratosférico.

Às vezes, pequenos atos podem reduzir nossa credibilidade.

Aquela vez que você entrou na academia e disse que seria diferente, que iria se dedicar.

Ou aquela vez que garantiu que entraria de vez na dieta, mas não conseguiu segurar a barra por dois meses.

Qualquer outra vez que você combinou uma coisa e não cumpriu exatamente à risca.

O problema é que você entra em um ciclo vicioso que só te empurra para baixo...

Seu parceiro não investe em você porque acha que não terá resultados.
Você deixa de estudar, de evoluir e ganhar novas capacidades.
Sem evoluir, as chances de fracassar no futuro são muito maiores.

E só tem um jeito de quebrar esse ciclo vicioso.

O único jeito de quebrar essa sequência de pessimismo é dando esses 2 passos:

1- Admitir o seu erro para o seu parceiro. Reconhecer que um dia você não cumpriu o prometido em algum momento, que jogou para baixo do tapete um erro e que isso não vai funcionar mais.

2- Explicar que você precisa quebrar esse ciclo. Que essa é a sua hora de mudar esse jogo.

Até porque, esse ciclo não ajuda ninguém. O seu parceiro de negócio quer estar ao lado de alguém que não tenha resultado?

Claro que ele quer alguém que dê resultados, que acrescente.

Nós não somos santos. Todos pecamos, todos nós erramos. O que não dá é continuar achando sempre que o único resultado da sua vida é o fracasso.

Então, chama o seu parceiro de negócio ou de vida para uma conversa e fala o seguinte:

“Se eu continuar desse jeito, vou ser a eterna profecia que não dá certo. A promessa que não vinga nunca. E chegou a hora de mudar essa profecia.

Você investe em mim, apesar de eu ter pisado na bola em algum momento no passado. Eu estou dando minha palavra que vou doar cada gota de suor do meu corpo para fazer isso dar certo.

“Ninguém vai estudar mais do que eu. Não vou vir com desculpa esfarrapada”.

Se for o seu marido ou esposa, imagino que ele não queira fazer parte de um casal sem resultados.

E eu vou ser bem realista com você. Só existem dois cenários possíveis depois que você entrar no Fórmula:

1- Você faz um 6 em 7 e retorna com todos os juros e correções monetárias o investimento que o seu parceiro fez. É a hora de lavar a alma.
2- Você não faz um 6 em 7. E isso é totalmente possível também. Porque fazer um 6 em 7 exige tempo, esforço, dedicação. Dá um trabalho do caramba.

Nesse último caso, você aciona a garantia incondicional do FL. Se nos primeiros 14 dias você não atingir os objetivos esperados, ou se o Fórmula simplesmente não for o que você esperava, é só mandar um e-mail para a minha equipe que eu te devolvo todo o dinheiro.

Se nos primeiros 14 dias você julgar que o Fórmula de Lançamento não cumpriu suas expectativas, é só me enviar um email nesse período dos 14 dias iniciais que eu devolvo todo o seu dinheiro.

Aí não tem o que o seu parceiro de negócios argumentar. Como que a pessoa perde nisso?

Porque você vai devolver cada centavo investido. Entregar na mão todo o dinheiro que ele gastou.

Mas o seu parceiro tem que olhar no seu olho e ver que agora vai dar certo.

Deixa eu te falar agora a coisa mais importante.

Qualquer discussão entre parceiros, não basta estar com todos os argumentos na ponta da língua. Você tem que estar decidido do seu posicionamento.

Eu tenho certeza que você já entrou em uma conversa que a outra pessoa ganhou porque estavam mais confiante.

Entenda o seguinte: em um debate, quem tiver mais confiança, vence.
Feito com